Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Reprodução: GCM



 

 

Com o objetivo de reduzir os altos índices de contágio da Covid-19 na Bahia, o governo estadual ampliou por mais duas horas o toque de recolher. A proibição da circulação de pessoas entre 18h e 5h passou a valer no início da noite desta segunda-feira (22), em todo o território baiano.

 

Como vem ocorrendo nas últimas semanas em Paulo Afonso, o cumprimento da determinação, que segue até o dia 1° de abril, será mantido com o apoio da Polícia Militar da Bahia (PMBA) e da Guarda Civil Municipal.

 

Medidas válidas para Paulo Afonso

 

 

Prefeitura publica decreto municipal seguindo medidas do Governo Estadual

 

A prefeitura de Paulo Afonso publicou no Diário Oficial desta segunda-feira (22), o Decreto nº 5.959, com as orientações do município seguindo as medidas restritivas de acordo com o decreto do Governo do Estado, publicado no sábado (20).

 

Confira os principais pontos do documento:

 

– Toque de recolher das 18h às 05h, do dia 22 de março à 1º abril;

 

– Os estabelecimentos comerciais em geral e serviços funcionarão das 9h às 17h30;

 

– Supermercados, atacados, hortifrutis, açougues, frigoríficos, poderão funcionar das 6h às 17h30;

 

– Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e semelhantes, deverão encerrar o atendimento presencial às 17h30. Os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação está permitido até às 24h;

 

– A circulação do transporte coletivo deverá ser suspenso das 19h às 5h;

 

– Fica vedado o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas até 29 de março de 2021.

 

– Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer, respeitados os protocolos sanitários estabelecidos, especialmente o distanciamento social adequado e o uso de máscaras, bem como com capacidade máxima de lotação de 30% (trinta por cento).

 




 



Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

6 respostas

  1. Faz me rir…. ontem as 19h40 …Marechal … estava lotado, eram 5 mesas ocupadas com várias pessoas sentadas e consumindo bebida. Lamentável

  2. Do mesmo jeito que academia não é essencial já que cada pessoa pode se exercitar em casa ou caminhar na rua, as pessoas podem rezar em casa e não precisam ir a igreja. Tenho certeza que o recado chega do mesmo jeito.

  3. Fake! Esse lokdaw não é nacional como a reportagem diz, e qualquer leigo já está careca de saber, que esses decretos não são constitucionais. Manda quem pode, obedece quem não tem juízo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.