25 de setembro de 2021

SP bate recorde e registra 521 mortes por Covid-19 em um dia; 1 óbito a cada 3 minutos nas últimas 24h

Por

REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM G1

Covas abertas no Cemitério Vila Formosa, na Zona Leste de São Paulo, nesta sexta-feira (12), em meio ao aumento de mortes da pandemia de Covid-19 no estado de SP — Foto: Reprodução/GloboNews



 

 

O estado de São Paulo registrou nesta sexta-feira (12) o maior número de mortes por Covid-19 em 24 horas desde o início da pandemia, com 521 mortes confirmadas em um único dia. O número equivale a pouco mais de 1 morte a cada 3 minutos. O total de óbitos provocados pelo coronavírus chegou a 63,5 mil no estado.

 

Os novos registros não significam, necessariamente, que as mortes aconteceram de um dia para o outro, mas que foram computadas no sistema neste período. As notificações costumam ser menores em finais de semana, feriados e segundas-feiras, por conta do atraso na contabilização.

 

A média móvel de mortes, que considera os registros dos últimos sete dias, é de 352 óbitos nesta sexta, recorde pelo quinto dia seguido. O valor é 46% maior do que o registrado há 14 dias, o que para especialistas indica forte tendência de alta da epidemia.

 

Como o cálculo da média móvel leva em conta um período maior do que o registro diário, é possível medir de forma mais fidedigna a tendência da pandemia.

 

O estado registrou também 15.720 novos casos confirmados de Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total para 2.179.786 confirmações da doença desde o início da pandemia. A média móvel de casos foi de 12.266 casos por dia, um número 30% maior do que o verificado 14 dias atrás, o que também indica tendência de alta.




 

47% mais internados do que no 1º pico

 

O número de pacientes internados com sintomas da doença nesta sexta chegou a 22.555 pessoas em todo o estado, o maior desde o início da pandemia. Dentre os internados, 9.777 estão em leitos de UTI e outros 12.778 em enfermarias, considerando hospitais públicos e também particulares. O total de internados no estado está batendo recordes todos os dias desde 27 de fevereiro.

 

O número demonstra que, nesta sexta, a quantidade de pessoas internadas com Covid-19 em São Paulo é 47% maior do que no pico da primeira onda da doença. Em 14 de julho de 2020, quando ocorreu o recorde de pacientes internados do ano passado, eram 15.289 pessoas nesta condição.



WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!