Por

Redação Luiz Brito

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

47e4d960534eb5693f9a49f83accO advogado Antonio Arquimedes de Sá, concedeu entrevista à rádio Betel FM,  104,9, na segunda-feira, 5, onde falou sobre o caso da prefeita reeleita do município de Jeremoabo, Anabel de Tista (PSD). Nesta terça-feira, 6, o TRE julgou procedente a representação contra Anabel que teve seu registro de candidatura cassado por caracterizar terceiro mandato. Advogados da prefeita já apresentaram recurso junto ao TRE.

 

De acordo com Dr. Arquimedes, a matéria ainda será apreciada em no mínimo mais uma audiência e caso não obtenha êxito nos recursos, a matéria seguirá finalmente para o TSE, em Brasília(DF). No caso em tela, é notório que Anabel não terá tempo hábil de reverter imbróglio até a data da diplomação. Como consequência ela não será diplomada e não assumirá o cargo em 1º de janeiro. Nesse cenário, o presidente da Câmara que for eleito deverá assumir o cargo de prefeito até que saia uma decisão da justiça.

 

Panorama:  Anabel de Tista venceu as eleições com 1006 votos de diferença. Ela obteve uma votação de 10.734 votos representando (51,99%). O candidato derrotado, Derivado Jose dos Santos, mais conhecido como “Derí do Paloma”, obteve 9.728 votos (47,05%)

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Uma resposta

  1. Mas a justiça eleitoral permitiu uma candidatura ilegítima? E qual motivo impede do segundo colocado assumir? Derrotado porque se ele tinha condições legais para concorrer? Não era a Anabel quem não devia ter sido candidata?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.