Por

REDAÇÃO SITEPA4

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Valores dos combustíveis em um dos postos de Paulo Afonso. Foto: redes sociais

Por Francisco Nery Júnior

 

A partir de hoje, terça-feira, dia 02 de março, a Petrobras pretende, pela quarta vez neste início de ano, aumentar o preço da gasolina, do óleo diesel e do gás de cozinha. Não vamos nos perder nos meandros da ciência econômica. Quando optamos pelo liberalismo puro – talvez cruel – sabíamos que os preços, ou o aumento deles, têm as suas regras.

 

Francisco Nery Júnior. Colunista (PA4)

Por outro lado, quando optamos a Petrobras ser uma empresa de economia mista, sabíamos que o investidor quer lucro. E quando o ser humano coloca o foco dos seus investimentos, do seu esforço em outras palavras, na especulação ou no rendimento, a sensibilidade desaparece tranquilamente pelo ralo.

 

Dólar sobe e sobe o preço da gasolina. O Mercado se aquece e a gasolina tem que subir. Este é o modelo e nele estamos presos. Resta buscarmos soluções ou atitudes paliativas. A busca pela saída do consumo dos combustíveis fósseis se impõe. As energias limpas são almejadas. Experiências são feitas.

 

O uso ou a volta da bicicleta seria uma maneira de não nos preocuparmos com o preço da gasolina no nosso pequeno mundo. Menos cabelos brancos na cabeça e menos raiva de quem quer que seja. Em Paulo Afonso, uma ciclovia Centro/Tancredo Neves no papel. Numa visão mais compreensiva, que esperamos preveja ramificações para outros bairros, mesmo até a cidade vizinha de Glória e para certas localidades da Zona Rural, esperamos impacientes a sua execução.

 

Segundo fontes que acreditamos seguras, tem o projeto, existe a vontade política e há os devidos recursos previstos no Orçamento. Se os R$80 milhões de empréstimo que a Prefeitura Municipal conseguiu – e que, lemos, foi considerado legal pelo Tribunal de Contas – já começaram a entrar nos cofres do município, que alguns deles nos propiciem a nossa tão sonhada ciclovia.

 

Podemos, com a implantação da ciclovia, contribuir para que o nosso operário, o nosso concidadão comum, se desloque de bicicleta para onde bem desejar sem a necessidade de subsídios ou concessões orçamentárias outras, bem presente na nossa cabeça que o livre deslocamento do cidadão, de cada um de nós outros, é um direito constitucional.

 

Ademais, um sistema de ciclovias certamente vai dinamizar a economia local com novas lojas de bicicletas e peças de reposição, oficinas de conserto, aluguel de “bikes” e aumento de postos de trabalho, além de pontos de lanche e postos para calibragem dos pneus.

 

Melhor de tudo, o colorido que será acrescentado à nossa visão. Teremos bicicletas de todos os tipos e de todos os gostos. Famílias poderão se deslocar nas “tandem bycicles”, aquelas de três ou quatro pessoas pedalando juntas. Será, certamente, um avanço notável!

 




 



Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

16 respostas

  1. Meu notável professor: Ciclovia ñ baixará preço nem resolverá esse problema. Antes cobravámos dos governos do PT(Lula/Dilma) por que o amigo está fechando os olhos? Era SÓ tirar o PT né!!

  2. Se no for o anticristo agindo nas nacoes no sei que isso mais não de um lado muita doenca assunto so covide de outro lado aumento de gas e gasolina depois aprovação do auxilio pra enganar o povo
    Acredito que jesus ta vindo ,vem jesus

    1. Não tenha dúvidas de que o cenário está propício para o anticristo. Problemas no mundo inteiro e não só no Brasil.
      Oremos por todos

  3. É o fim dos tempos sim! Os iludidos pesam que as coisas vão volta ao “normal”, sinto muito por quem esperar por isso. Não é ser pessimista não, sim realista. A nom está aí para destruir vidas, com doença ou a “cura” dela (quem quiser que entenda). O Soberano está às portas, conserta teus caminhos com Ele, urgente!!!

  4. Sugiro que a ciclovia chegue pelo menos a Feira de Santana. Kkkk A cada duas semanas um aumento, em novembro o litro da gasolina chega a dez reais.kkkl

  5. Não vejo relação do assunto com a ciclovia com o preço do combustível, quero ver transportar cargas pela ciclovia… Faça uma pesquisa e pergunte quantas pessoas que tem veiculo próprio vão deixar de se locomover com o mesmo pra usar a ciclovia, misturou assuntos sem ponderar. Só pra deixar claro sou contra preços abusos de qualquer produto e não sou contra a ciclovia, totalmente a favor, apenas não vi correlação entre os assuntos.

  6. Era só tirar a Dilma, na época a gasolina era 2,80, cadê , ninguém vai as ruas reclamar a 6 reais? Continuem gritando mito,mito,mito….

  7. Isso é retrato de toda aquela queda no preço do combustível , a conta tá chegando agora o governo da com uma mãe e tira com duas 😉

  8. A TÉCNICA!
    E DUIDO. MAS RECONSTITUIR DE VOLTA UMA FAMILIA NAO E FACIL E DEUS CASTIGA……. SE RECONSTRUIR BEM ,…… NUNCA MAIS FALE DE FERNANDO COLLOR…..

  9. Se aumentar novamente que vai, nos temos que se unir, e fazer como os caminhoneiros. Fecha as rodovias e solicitar o preço justo. Vamos esperar até o final do mês, eu sou o primeiro pode comunica nas redes sociais e estaremos juntos.

  10. O mito era a solução para o Brasil que muitos achavam, e estamos vendo um verdadeiro desastre na sua administração. E o ministro Paulo Guedes que dizia que o botijão de gás seria de 40 reais e hoje já custa mais de oitenta reais. A administração pública do Brasil é uma verdadeira vergonha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.