Meteoro luminoso que passou pela atmosfera da Terra pôde ser visto em Paulo Afonso (BA)

Integrante da Rede Brasileira de Observação de Meteoros explica fenômeno e diz que ele é esporádico. Meteoro se desintegrou durante passagem atmosférica e não há risco.

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM G1 BAHIA | 21 de outubro de 2020 às 0:18

Meteoro é visto em Paulo Afonso, norte da Bahia — Foto: Reprodução/Youtube/climaaovivo.com.br/Bramon



 

Um meteoro luminoso que passou pela atmosfera da Terra na noite desta segunda-feira (19) pôde ser visto das cidades de Curaçá e Paulo Afonso, ambas no norte da Bahia. Quem estava em municípios de Sergipe, Paraíba, Ceará e Pernambuco também conseguiu observar.

 

“A gente chama de fireball, é um meteoro luminoso. É basicamente quando um fragmento de rocha espacial um pouco maior atinge a atmosfera da Terra”, afirmou Marcelo Zurita, presidente da Associação Paraibana de Astronomia (APA) e integrante da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon).

 

“Geralmente, temos meteoros formados por fragmentos do tamanho de um grão de areia, de feijão – e esse aí parece ser um pouco maior. Por ser maior, tem mais energia e acaba gerando um meteoro mais luminoso, as pessoas veem como uma bola de fogo cruzando o céu”, explicou o astrônomo.




 

 

Ainda segundo Zurita, o fenômeno é esporádico e, neste caso, não oferece riscos a ninguém.

 

“Ele foi completamente consumido durante a passagem atmosférica, ficou desintegrado mesmo”, contou.

 

Marcelo Zurita explicou, ainda, que o meteoro registrado nas cidades baianas não pertence a nenhuma chuva específica. Mas o astrônomo conta conta que há uma chuva de meteoros ativa aqui no Brasil.

 

“No momento, temos a Oriónidas, que é formada por fragmentos do cometa Halley. Aquela trilha de poeira que o cometa deixa em órbita do sol nas passagens anteriores dele. E quando a Terra atravessa essa trilha de poeira, alguns fragmentos minúsculos provocam os meteoros que a gente vê, mas não foi o caso de ontem, que não tem associação com a essa chuva”, disse Marcelo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Um meteoro luminoso que passou pela atmosfera da Terra na noite desta segunda-feira (19) pôde ser visto das cidades de Curaçá e Paulo Afonso, ambas no norte da Bahia. Quem estava em municípios de Sergipe, Paraíba, Ceará e Pernambuco também conseguiu observar. “A gente chama de fireball, é um meteoro luminoso. É basicamente quando um fragmento de rocha espacial um pouco maior atinge a atmosfera da Terra”, afirmou Marcelo Zurita, presidente da Associação Paraibana de Astronomia (APA) e integrante da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon). “Geralmente, temos meteoros formados por fragmentos do tamanho de um grão de areia, de feijão – e esse aí parece ser um pouco maior. Por ser maior, tem mais energia e acaba gerando um meteoro mais luminoso, as pessoas veem como uma bola de fogo cruzando o céu”, explicou o astrônomo. Ainda segundo Zurita, o fenômeno é esporádico e, neste caso, não oferece riscos a ninguém. “Ele foi completamente consumido durante a passagem atmosférica, ficou desintegrado mesmo”, contou. Marcelo Zurita explicou, ainda, que o meteoro registrado nas cidades baianas não pertence a nenhuma chuva específica. Mas o astrônomo conta conta que há uma chuva de meteoros ativa aqui no Brasil. “No momento, temos a Oriónidas, que é formada por fragmentos do cometa Halley. Aquela trilha de poeira que o cometa deixa em órbita do sol nas passagens anteriores dele. E quando a Terra atravessa essa trilha de poeira, alguns fragmentos minúsculos provocam os meteoros que a gente vê, mas não foi o caso de ontem, que não tem associação com a essa chuva”, disse Marcelo. (Sitepa4 com G1-Paulo Afonso e imagens do Youtube/climaaovivo.com.br/Bramon)

Uma publicação compartilhada por PA4 – Ozildo Alves (@sitepa4) em









Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.