Por

Dorisvan Lira (Site do Bob Charles)

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Marcondes Francisco. Foto: Arquivo/PANotícias



 

 

O vereador Marcondes Francisco fez uma grave denúncia durante a sessão de reabertura dos trabalhos legislativos na manhã desta segunda-feira, 5. Segundo o parlamentar, a Chesf planeja construir um grande muro que se estende do dique da Usina PA IV até a 6ª Ciretran, onde fica a barragem móvel.

 

A construção incluiria fechar o acesso a Prainha Ayrton, balneário localizado no bairro Centenário. A empresa justifica que a construção tem como base a lei de proteção de barragens.

 

“Tivemos esse problema grave para a cidade em relação às baronesas (plantas aquáticas) que tomaram o balneário Prainha e não tivemos nenhum posicionamento da empresa no intuito de minimizar os impactos. E agora propor esse muro não tem cabimento”, declarou Marcondes.

 

A constatação criou indignação entre os vereadores que, junto ao Poder Executivo, procurarão um diálogo com a estatal.




 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

36 respostas

  1. Aquela área originalmente é da CHESF, exatamente ali onde o vereador menciona, ainda há um resto do que sobrou da antiga cerca que existia e que foi vandalizada abrindo passagem para que aquela região, especificamente, se tornasse um grande lixão!!!!

    1. Lixão? Jovem, a prainha do centenário e toda essa parte a qual o vereador se refere nem de longe é um lixão. Aliás, é mais limpa que sua casa.
      A cerca existia nas proximidades da Ciretran, a prainha do centenário e local conhecido como bico de pedra sempre foi aberto, moro aqui a mais de 30 anos e este local sempre foi aberto a todos.
      O outro lado do rio, precisamente no moxotó também é aberto, nunca houve muros ou cercas impedindo a entrada de ninguém, a chesf nunca se preocupou em fechar isso nos últimos 30 anos, e agora quer fazer isso?
      Amparada por lei ou não, a chesf não pode querer fechar o local de uma hora pra outra. Existem pessoas estabelecidas ali, existe um comércio estabelecido e tudo isso deve ser levado em conta.

      1. A cerca existe não existe? Quem a pôs ali? Porquê?
        Coisas aconteceram a mais de 30 anos. Alí era acesso restrito SIM!
        Ações de vandalismo abriram passagens na cerca no início dos anos 80. Duas passagens; uma próxima a praça do antigo BNH, essa muito usada por playboys da época que iam em seus opalas, brasílias …fazer meninos nas “intocas” de beira de rio. A outra passagem era tbm perto, alí junto a “prainha dos postes” entre BNH e Centenário. Depois o vandalismo cresceu e vieram os acessos perto da prainha airton senna (feita por um … que alí montou um bar) e um outro acesso onde hoje é o curral da prefeitura( perto da EMBASA).
        A chesf deixou a coisa correr frouxa e vieram coisas maiores. Até rua na favela vila do rato surgiu.

        1. ´Tenho certeza que a chesf terá apoio da população,porque até as pedras estão retirando das barragens,uma proteção importante da represa que se continuar,Deus nos livre romper.O muro deveria ter sido tombado como patrimônio histórico da cidade.Segurança retornar.BEM PENSADO CHESF

      1. A barragem pertence a CHESF e ela tem o direito de fechar ou abrir , ou querem mandar nas propriedade alheia ? no Brasil ainda existem Leis ,que deve serem cumpridas , e o que CHESF vai fazer,é nada mais , que cumprir a Lei ,de proteção das suas barragens .

    1. A Chesf tem essa ideia a um tempo atras. Agora se o muro é para proteger a barragem então teria que ser em toda sua extensão, nas chácaras, em Glória, Jatobá etc.

  2. AI NO QUE DEU VOTAR EM BOLSONARO. E VOCÊ NOBRE VEREADOR APOIOU ESSE BOLSONARO DOS INFERNOS!!! AGORA AGUENTEM ESSE LOUCO POR MAIS 3 ANOS E MEIO E SE NÃO SE REELEGER PQ NINGUÉM DUVIDA QUE ELE NÃO GANHE NOVAMENTE.

    1. Sem argumento. Tudo é Bolsonaro. Só falta agora culpar Bolsonaro por tudo de errado que o PT fez.
      Cada coisa viu!
      Se chove ou faz sol é culpa de Bolsonaro. Homi, muda o disco.

      1. Claro que tem pois a ideia do Bozo acefalo é privatizar a eletrobras e atraves da agencias reguladoras restringir o acesso das pessoas em suas areas, voces deves lembrar que ja proibiram o acesso de pessoas pela barragem da Usina Apolonio Sales e o trabalho que deu para revolgar essa medida pois fiquem certos que vao proibir outra vez. A CHESF nao tem mais autonomia para decidir nada quem decide é a ANEEL e o ONS a emresa cumpre ou sera multada, igual o Brasil com os Estados Unidos, Trump manda o Brasil do Bozo abre as pernas e o fumo entra.Culpa de quem elegeu um acefalo

  3. A CHESF tem razão, de um lado e de outro é dela e quem construiu tem mais é que perder pois construíram sabendo que não eram seus domínios.

  4. Vejo uns vangloriando o posicionamento da CHESF os mesmo que usam o Balneário para seu próprio lazer, vejam quanto o ser humano é maldoso, perverso só pensa em si próprio e não vê que aquela pessoas que tem seus estabelecimentos na quele local pode perder o seu sustento.

  5. Nobre vereador, A CHESF está correta. Aja com seriedade e responsabilidade. Jogar a população contra a CHESF é um ato pouco inteligente e baixo.

  6. O que estamos necessitando URGENTE é de um Presidente equilibrado, honesto, competente, sem viés IDEOLÓGICO, que consiga dialogar com toda camada da sociedade, de Norte a Sul, sem perseguição, rancor e ódio.

  7. Nenhuma construção pode ser feita sobre o dique de uma barragem. Porém, como a prainha já está instalada (os gestores passados da Chesf eram fraquíssimos e toleraram a invasão) eu tenho certeza que a Chesf não bloqueará o acesso ao local (haverá passagens para que os usuários consigam adentrar o local). O muro é para evitar novas invasões a uma área de segurança que é de responsabilidade da Companhia. Podem ser feitos quadras esportivas no local ou coisas do tipo, para que a população mantenha a área limpa, mas sem invadir para construir novas casas nesta área de risco. Qual vereador se responsabilizará caso algum dique rompa? Qual vereador assumirá as penalizações que serão impostas à Chesf caso não arque com sua responsabilidade de manter os diques seguros? Nenhum, não é mesmo?

  8. Estamos na contra mão do desenvolvimento do turismo em Paulo Afonso. A CHESF não tem nenhum compromisso com o povo e com a cidade de Paulo Afonso.

  9. Esse vereador tá querendo é aparecer! A Chesf como a Eletrobrás no seu todo está em estudo avançado para privatização infelizmente e não vai desembolsar alguns milhares de reais para construção de um muro de extensão gigantesca como esse vereador fala coisa nenhuma, pelo contrário, a Chesf está é cortando gastos, o que esse vereador está querendo é jogar a população contra a empresa para parecer que está preocupado com a cidade coisa que esse vereador de auto escola nunca foi! FARSANTE!!!

  10. O que farão com as mansões construídas na avenida beira rio?? serão demolidas? quero ver mexer com aqueles que tem poder financeiro!

  11. A Dalila… realmente você conhece mesmo a área. Invadiram no curral perto da embasa, bnh perto da igreja, centenário/bnh onde ficam os postes e depois a Prainha do centenário…. e o pior…. próximo ao redondel que da acesso ao detran até roça tem, pois invadiram, colocaram cerca e tem gente morando. A chesf precisa tomar posse de volta daquela área!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.