Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

A solenidade da troca de comando aconteceu na sede da 1° Companhia de Infantaria, nesta quinta-feira (15), em que Felipe Barroso se despediu de seus comandados e, como manda o rito das Forças Armadas tem-se de imediato a substituição, neste caso assumiu o comando, o major Kauê Meneses – sergipano de 36 anos.

 

tra
Major Barroso em discurso de despedida.

 

″Tenho hoje duas fontes perenes de alegria pura: o bem realizado e dever cumprido″ iniciou Barroso, num discurso que não completou sem chorar, e que mesmo debaixo de toda formalidade dos soldados ficou evidente que pouco mais de dois anos foram bem realizados.

 

Barroso agradeceu a parceria da Chesf, da Polícia Militar, da justiça e da prefeitura municipal além de falar muito na população de Paulo Afonso, e dos parceiros dos projetos que desenvolveram neste tempo.

uu
Major Barroso e o novo comandante do Exército, major Kauê revistando a tropa.

 

Do outro lado também foi notória a satisfação de Kauê, em começar seu trabalho à frente de uma das instituições mais respeitadas do país, chegou com muitas referências de Paulo Afonso e muito simpático ao público.

 

Depois da solenidade, Barroso falou ao site Ozildo Alves:

 

″Foram dois anos, fui muito bem acolhido aqui na cidade, eu e minha família, e com certeza fiz amizades leais e vou sentir muitas saudades, não só dos companheiros, os militares que foram muito valorosos e leais, mas da cidade, me senti em casa, me sinto pauloafonsino″, disse.

 

auto
Novo comandante é apresentado à tropa, autoridades prestigiam solenidade no Exército.

Segundo Barroso, sua saída se deve a um curso que o militar, uma vez major precisa fazer e que ele já havia adiado por dois anos. ″Não é um adeus, mais um até breve″, se despediu.

 

traaa
Major Kauê.

Agora é esperar que o major Kauê possa também ter sucesso e sinta-se acolhido pela região.

 

esa
Major Kauê e representantes da Chesf.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

2 respostas

  1. O MAJOR BARROSO MAGNO FOI UM COMANDANTE CORRETO, DIGNO, ALÉM DE SER DOTADO DE UMA PERSONALIDADE HUMILDE. TEVE O RESPEITO DE TODOS OS SUBORDINADOS E DA FAMÍLIA MILITAR. SENTIREMOS SAUDADES DESSE NOBRE INFANTE.

  2. “Tem homens que lutam um dia e são bons, outros que lutam um mês e são muito bons, tem homens que lutam um ano e são os melhores. Mas, existem aqueles que lutam toda vida pelo interesse público, para triunfar a Justiça e defender sua pátria. Estes sim, são os imprescindíveis, os necessários na luta por uma sociedade mais justa!”
    Caríssimo comandante e amigo, nesta paráfrase extraída do poeta alemão, agradeço-vos os profícuos trabalhos de resultados significantes para Paulo Afonso e Região,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.