Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Esta semana foi noticiada a morte trágica de um garoto de 16 anos, vítima de um acidente de trânsito. A família precisou da cidade de Juazeiro-BA, a mais de quatrocentos quilômetros de Paulo Afonso para o corpo do menino ser necropsiado e finalmente liberado para o sepultamento. Fatos que se repetem quase toda semana, pois o médico legista tem dia certo para atender.

 

Maria Quitéria, ontem em Paulo Afonso para reunião com prefeitos da região.

Assistir cenas de familiares desesperados por perderem seus entes queridos por falta de assistência hospitalar adequada é comum, pois o município polo, não tem UTI – só promessas, aliás, a emergência do hospital Nair Alves de Souza vive abarrotada e de casos que poderiam ser tratados ou no posto de saúde ou numa UPA – prometida e anunciada e até os dias de hoje se quer uma parede foi levantada.  Só promessas.

 

Por último, vem o consórcio de prefeitos da região que anuncia uma policlínica decatanda em prosa e poesia no ano eleitoral, como obra que seria entregue ontem, que em tese resolveria as urgências de exames para que o paciente não venha a morrer na porta do hospital, pois, uma vez que se descobre a doença em tempo hábil, as chances de tratamento e cura são maiores. Só promessas.

 

Vem agora as explicações acerca da disposição do terreno para construir a unidade, como se vivêssemos no Japão e não tivéssemos outro espaço na Ilha ou no complexo de bairros do BTN, para instalar a dita-cuja.

 

Em entrevista exclusiva ao portal PA4, Maria Quitéria, presidente da UBP – União dos Municípios da Bahia– que estava ontem Paulo Afonso, para a reunião com prefeitos da região reconheceu o atraso em que estamos.

 

″Eu já estive aqui várias vezes com o Tribunal de Contas dos Municípios, e assim que eu assumi a UPB fiz uma reunião para falar de segurança pública aqui […] quando nos colocamos à disposição do povo precisamos lutar e buscar o que é pactuado″, começou Quitéria.

 

A senhora sabe que os pacientes em Paulo Afonso morrem à porta do hospital da Chesf, pois não há UTI?

A gente enfrenta isso, os municípios, essa questão da regulação é uma demanda muito grande para poucas vagas, isto inclusive foi um dos temas que o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eudes Ribeiro (candidato a substituí-la na UPB) falou, e precisa ser enfrentado com os municípios, o governador Rui Costa acabou de lançar cirurgias eletivas – porque não há as policlínicas para fazer os exames e detectar o problema antes que este paciente se torne emergência, pois quando isto acontece tem a necessidade da UTI, aí sim nós vamos ter problemas porque não há lugar para todo mundo. Se vocês observarem o que mais o governo tem feito é obras na saúde: inauguraram o Hospital da Mulher, fez a ampliação do HGE 2 que atende à demanda de saúde e criou nas regiões as policlínicas através dos consórcios.

 

Eu questionei a presidente exatamente sobre a UPB, pois os munícipes até o momento não colheram os frutos desta união, como se lê acima.

Esta região está muito atrasada, se quer decidiu o local, essas providências como as policlínicas e as cirurgias eletivas cessam uma demanda antiga.

 

Falta terreno nessa região para construir uma policlínica?, então o que falta?

Boa vontade. As pessoas inteligentes e de boa vontade precisam contribuir, é chamar o Ministério Público, se é um terreno que é particular e esse seria o ideal, quem é dono?, por que não entrar num acordo?, falar para a população saber onde está o problema.

 

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

10 respostas

    1. não seja ridículo, sabemos q todos tem problemas, mais você não ver a cidade de Paulo Afonso abandonada pelos políticos. sempre foi assim não tem saúde nem emprego. ex prefeito medico, atual prefeito medico, sera que eles não sabem a necessidade de melhorar a saúde da cidade?????

  1. Que novidade que…! Todo mundo sabe que aqui é atrasado por conta deles mesmos os políticos que nada fazem por esta terra! Só sabem correr atrás pra receber fortunas de salário e empregar na prefeitura seus apadrinhados, os políticos desta terra sá sabem fazer isso e mais nada!!!

  2. Constatou o óbvio e o que todo mundo vê e sabe nesse município de sucupira-city. Com uma renda mensal de 24 milhões de reais e a cidade sem serviços básicos como uma saúde de qualidade sem UTI, péssima educação, trânsito desorganizado e áreas não pavimentadas e sem saneamento básico era o mínimo que deveria ser percebido. Espera-se que medidas urgentes punitivas sejam dadas a esse governo municipal incompetente que a 8 anos e agora continua não investindo no social pelos milhões que recebe mensalmente.

  3. kkkkkkk! é de rir, foi preciso vir uma pessoa de fora pra ratificar o obvio e o que todos sabem. muda paulo afonso, tira qualquer raiz dos Deuses dai, esse povo comeu a carne e vai roer os ossos.

    temos que colocar gente que ama essa terra

    1. QUITÉRIA DA UMAS AULAS DE SAÚDE PÚBLICA PARA iVALDO, ESSE VAI ACABAR COM O RESTO DA SAÚDE DE PA, CONSERVA A MESMA EQUIPE DE ALEXEI E COMO SE NÃO BASTASSE PERMANECE COM PESSOAS INCOMPETENTES E SEM COMPROMISSO COM O PROFISSIONAL. ELE POR SI PRÓPRIO IRÁ QUEIMAR O SEU FILME. IVALDO VOCÊ PELO QUE TEM DEMONSTRADO EM RELAÇÃO PRINCIPALMENTE AOS FUNCIONÁRIOS QUE HOJE OCUPAM DETERMINADOS SETORES SÓ DEMONSTRA DECADÊNCIA E INFLUÊNCIA DE OUTRO QUE QUANDO PASSOU POR ESSA PASTA NÃO DISSE PORQUE ASSUMIU PRA QUEM ESTAVA DE FORA SÓ MOSTROU INTERESSE PRÓPRIO O CLEISON NÃO SE ESPELHE NELE IVALDO.

  4. Não acredito que essa senhora que foi prefeita de um município atrasado menor que Paulo Afonso, que é educada e política, amiga da maioria dos prefeitos da Bahia e precisou deles para ser presidente da UPB, tenha tido a falta de princípios de ofender os colegas em dizer que a região está atrasada, no sentido que a matéria quis insinuar. Eu acho que ela pode querer dizer que a região está atrasa por conta de não ter ainda criado o consorcio da saúde, até ai tudo bem, eu também concordo que falta iniciativa.
    Mai a oposição é isso ai. Tem que fazer barulho.

    1. ESPERAVA QUE O “LUIZ BARBOSA DE DEUS” “O BARBOZÃO” DESSE UM CHOQUE DE SEVERIDADE NA PREFEITURA DE NOSSA CIDADE, NO ENTANTO VAI CONTINUAR A MESMICE DE SEMPRE OS MESMO FUNCIONÁRIOS APOSENTADOS, OS MESMOS PROTEGIDOS DO GOVERNO ANTERIOR.
      SE NÃO ESTIVEREM SATISFEITOS MUDEM DE CIDADE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.