Por

Redação - pa4.com.br / ASCOM PMPA

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Estamos enfrentando um momento diferenciado em nossas vidas, em nosso país e não diferente, em nosso município. A gestão municipal não tem dispensado esforços junto com o Governo Federal e Estadual no combate a pandemia covid-19. Os investimentos e o custeio na área de saúde torna-se fundamental e prioritário.

 

Estamos custeando dois Hospitais mantidos em mais de 70% com recurso próprios, uma UTI, uma UPA covid, e tantos outros serviços de saúde. O somatório de todas as ações tem levando a um esgotamento financeiro na gestão municipal. Sabemos do desafio que estamos enfrentando num momento de tanta tristeza e de tantas incertezas. E temos que tomar medidas difíceis a fim de não comprometer toda uma folha de pessoal e podermos honrar com seu pagamento. E ainda sabendo da importância dos recursos municipais para a movimentação da economia em Paulo Afonso. A gestão enfrenta atualmente um dos maiores desafios que já presenciamos, suportar as perdas impostas pela pandemia na arrecadação municipal e combater as consequências destruidoras desse vírus que tem nos tirado tanta gente querida. As reduções na despesa de pessoal da prefeitura precisa acontecer no momento atual, acreditando e torcendo que essa fase tão difícil passará.

 

Estamos todos abalados com o momento que estamos vivendo e sabemos o peso que é demitir no meio disso tudo. Mas as medidas administrativas precisam acontecer a fim de evitarmos a cessão ou o prejuízo maior a nossa população. Temos fé em Deus que tudo vai passar, a vacina já é uma realidade, os nossos números de infectados reduzirão e em um futuro não muito distante veremos nossa cidade voltar a sorrir novamente e a Prefeitura com mais investimentos e mais geração de emprego e renda. Vamos juntos enfrentar o momento e nos solidarizar enquanto comunidade.

 

Luiz de Deus
Prefeito




 



Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

6 respostas

  1. O mais correto neste momento seria diminuir os salários de todos os políticos pra ajudar o povo, e não demitir.
    O lockdown pode fechar as portas do comércio, sendo que todo trabalho é essencial porque provê o pão de cada dia.
    Mas os políticos não ficam um dia se quer sem receber seus salários.
    Muito confuso

  2. Para melhorar o caixa da prefeitura , além de demitir, os aposentados de todos os níveis , a partir dos secretários que são aposentados e diminuir os salários de todos as pessoas que ganham altos salário , como os secretários e chefes de departamentos

  3. Por que não demite os funcionários ociosos? São protegidos? Façam esse levantamento e demita todos, inclusive o que são contratados pelas prestadoras de serviços.

  4. Não adianta vir com essa conversa agora, demita essas coordenadoras que pouco vão no setor, esses secretários aposentados, aí sim iria sobrar dinheiro para para nós que dependemos de salarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.