16 de janeiro de 2022

Ascopa, Sinpa e CDL: “Ausência do Estado na garantia e promoção à segurança do cidadão de Paulo Afonso”

Por

Redação (pa4.com.br)

 

Policiais militares são acionados após tentativa de latrocínio no centro comercial de Paulo Afonso na manhã desta sexta-feira, 3 de dezembro. Foto: PA4.COM.BR

 

Paulo Afonso/BA, 03 de dezembro de 2021

Ao Exmo. Sr. Ricardo Cesar Mandarino Barretto,
Secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia
C/C: Ao Exmo. Sr. Rui Costa dos Santos,
Governador do Estado da Bahia

Assunto: Ausência do Estado na garantia e promoção à segurança do cidadão pauloafonsino

Excelentíssimo Senhor Secretário,

As três entidades representantes do setor comerciário da cidade de Paulo Afonso, a saber o SINPA – Sindicato Patronal do Comércio de Paulo Afonso e Região, a ASCOPA – Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços de Paulo Afonso e a CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, vêm conjuntamente e respeitosamente à presença de Vossa Excelência manifestar o sentimento de insatisfação, impotência, desamparo e abandono do qual tem passado o cidadão pauloafonsino, em especial o nosso corpo de representados, no que diz respeito à inoperância de ação do Estado da Bahia por meio de sua respeitável força policial, que por ausência deixa de promover e garantir direitos básicos constitucionais como o Direito à Segurança e consequentemente o Direito à Vida.

Hoje, 03 de dezembro, com alarde, recebemos a notícia da tentativa de roubo a um tradicional comércio em nossa cidade, em que seu proprietário, homem trabalhador, digno, pagador de impostos e cumpridor de suas obrigações fora alvejado com quase uma dezena de tiros, ÀS 8 HORAS DA MANHÃ, enquanto se preparava para abrir seu comércio. E antecipadamente ao pensamento de que é este um caso isolado, ressalte-se ao conhecimento de Vossa Excelência que atos de criminosos como o noticiado acima tem se tornado cada dia mais corriqueiros em nossa cidade, ao passo que vemos, percebemos e sentimos a ação policial cada vez minguante fazendo com que a insegurança seja o motivo de nosso maior desespero nessa atual conjuntura.

Subscrevemos este instrumento no interesse de dissuadi-lo a atender a demanda da sociedade de Paulo Afonso que clama, penosamente, para que o aparato de segurança em nossa cidade seja reforçado e a criminalidade seja, de pronto, combatida.

Atenciosamente,

Francisco de Assis Ferreira, SINPA
Maria Gorette Moreira, ASCOPA
Mivaldo Pereira da Silva, CDL

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 5

  1. Péricles Sampayo says:

    Essas entidades deveriam contratar um professor de português, no mínimo um revisor, pra não escreverem bobagens. Falaram, falaram, e no final querem “dissuadir” o Sec. de Segurança a não atender ao clamor da população, ou seja, a “não atender”… Aurélio: verbo
    bitransitivo e pronominal
    convencer (alguém ou a si mesmo) a mudar de ideia, a abdicar de uma decisão;
    Triste ver altos representantes do comércio com tão pouca intimidade com a língua Pátria…

  2. Jailton Daniel says:

    “Dissuadi-lo a atender a demanda”???? De que lado vcs estão, da população ou dos bandidos???

  3. Kleber says:

    Tentaram usar palavras bonitas e se deram mal…kkkkk

  4. Profa. Anaelisa says:

    Poxa, o Secretario deu boas risadas com essa carta…querem uma coisa, mas escrevem dizendo o contrario. Deviam ter pedido a um dos meus alunos do 4° ano pra escrever…

  5. Micael Barbosa says:

    “Subscrevemos este instrumento no interesse de dissuadi-lo (convencê-lo) A ATENDER a demanda da sociedade de Paulo Afonso que clama, penosamente, para que o aparato de segurança em nossa cidade seja reforçado e a criminalidade seja, de pronto, combatida.”

    Acho que quem comentou acima não leu direito! APRENDA A LER, pausadamente, com paciência, para não colocar palavras no lugar em que não existem, SR. Péricles Sampayo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!