Por

REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM ASCOM/PMPA

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print









 

 

De 29 de março a 4 de abril as ações de fiscalização para o cumprimento das medidas restritivas contra o novo coronavírus foram intensificadas no município totalizando 456 visitas a estabelecimentos.

 

A atividade foi realizada numa parceria entre as secretarias de Saúde, Administração, Infraestrutura, Turismo, Indústria e Comércio e as forças de segurança – Polícia Militar, Guarda Municipal e GTRAN.

 

De acordo com a coordenadora de ações Covid da Vigilância Sanitária, Jackeline Rezende, dessas visitas, 32 estabelecimentos foram notificados.

 

“As rondas tiveram como objetivo verificar a adequação dos estabelecimentos comerciais às medidas impostas em legislação, bem como atender denúncias de descumprimento durante o período de vigência do decreto. Com a parceria de diversos órgãos, conseguimos exercer um grande trabalho”, explica ela.

 

DATA ESTABELECIMENTOS FISCALIZADOS ESTABELECIMENTOS NOTIFICADOS ESTABELECIMENTOS MULTADOS

29/03/2021

68

10

30/03/2021

81

04

­­­­­­­­­-

31/03/2021

60

08

01/04/2021

69

04

02/04/2021

54

01

03/04/2021

66

05

04/04/2021

58

TOTAL

456

32

 

Ela enfatiza que as medidas tomadas foram necessárias. “As sanções previstas foram necessárias para que os estabelecimentos se adequassem às normas e assim possam ofertar um lugar mais seguro e reduzir a proliferação do vírus”, diz a coordenadora. Jackeline ressalta que as ações vão continuar durante o período que estiverem previsto os decretos com ações de combate a covid-19.




 



Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

3 respostas

  1. Foram nos bancos? lá não tem álcool. Nós ônibus? Lá não tem álcool. Foram nas lotéricas? Lá não tem álcool. Foram na prefeitura? Lá não tem planejamento adequado!

  2. Só ficam bem na foto… mas onde realmente deveriam fiscalizar, não foram: Supermercados, bancos, etc. Zero álcool.
    Supermercado próximo a feira-livre tem dias que não tem sequer, carrinho ou cesta de compras disponível de tão lotado que está.
    Quem é “forte”, continua forte, os fracos desabam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.