Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Na próxima segunda-feira (10), pergunto ao vereador do (PHS), se é verdade que estaria se movimentando para ser o presidente da Câmara Municipal de Paulo Afonso, quando Petrônio Nogueira se despedir do legislativo – até a próxima né -, interlocutores do prefeito Anilton Bastos (PDT), me afirmaram: “Maconi Daniel trabalha fortemente nos bastidores para ser o próximo presidente do legislativo”.

Daniel foi o mais votado, passando a casa dos 3 mil votos, pelos motivos que o leitor sabe de cor, e nada mais justo que querer a presidência da Câmara, falta apenas combinar com os russos.

Qualquer um que faça uma pesquisa rápida e, esta nem precisa registrar no TSE, verá como os colegas de bancada “caem de amores” por Daniel. Principalmente agora. “Eu ainda não consigo digerir o resultado da eleição e você me vem com essa?, mas depois do que vimos se pode esperar tudo!”, me disse um.

Outro zombou de mim. “Menina, você está pensando que Luiz de Deus é Anilton Bastos? Deixe vir que você verá como eu vou voltar”.

Lembrando que, antes de se despedir temporariamente do legislativo, Edson Oliveira (PP) deixou o voto aberto, então todos veremos como se dará a votação do novo presidente e das pautas em geral.

A nova composição

Antes de chegar ao tabuleiro da baiana, vamos concluir o trecho acima, sendo honestos com o leitor. Há pelo menos um mês do pleito, meu colega Bob Charles já especulava o nome – para o mesmo intento de Daniel -, de Jean Roubert (PTB), 2° colocado.

Quando eu comentava o assunto entre os vereadores percebia a ira no olhar deles que me dava até medo! Ui!

Concluo: nem é o mesmo Parlamento, sendo que por ora, são seis na oposição, contando que Mário Galinho (SD), segure a peteca, some-se a isto, o descontentamento dos que se sentiram desprivilegiados no processo eleitoral, é forçoso dizer: não está fácil para Jean e pior ainda para Daniel, vale registrar também o que o vereador me disse: Luiz não é Anilton.

Sei lá, me passa uma sensação de “déjà vu”, e o nome de Marcondes Francisco (PSD), oito vezes vereador – também já foi presidente – me chega à mente, de novo.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.