Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Deputado Mário Negromonte Jr. (PP)
Deputado Mário Negromonte Jr. (PP)

O deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP), acompanhado do presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira e do assessor David Calvalcanti ambos PP, estiveram na tarde desta sexta-feira (04), no estúdio da Rádio Delmiro FM, em Delmiro Gouveia, no Programa Radar 89, para por os pingos nos is, no que se refere à disputa das eleições do próximo ano nas cidades de Paulo Afonso e Glória, sua posição em relação à postura do Partido Progressista que resvala na Câmara Municipal, e os assuntos suscitados pelos ouvintes, entre os quais, com muita insistência, se será mesmo o pré-candidato do PP a prefeito de Paulo Afonso.

 

O ouvinte Fábio Jean, participando de Paulo Afonso, interagiu perguntando o que o deputado acha da postura do líder da minoria, Edson Oliveira (PP) na Câmara e se corresponde a do partido. Mário Júnior respondeu que Edson é um amigo e que iria conversar e saber o que está acontecendo. Fora esta ressalva, deixou claro para quem sabe ler e escuta bem o seguinte:

 

“O povo de Paulo Afonso sabe que eu sou oposição, sei que há uma tentativa do prefeito Anilton em unir forças e tentar destruir o nosso grupo político, agora é uma tentativa de perseguição e com chicote, meu pai foi oposição, e eu desde que fui deputado estadual o sou, este é meu campo”, respondeu.

 

{E25210F4-2A70-4046-9B78-3C4EE0F172C2}_RD G

E o governador Rui Costa nisto?

 

“Em reunião com Rui Costa eu deixei bem claro: me chame para qualquer coisa, menos para me juntar com Anilton”.

 

O Programa Radar 89, forte e firme, para alegria do povo e tristeza dos perseguidores

 

“Entro aqui na Delmiro FM pela porta da frente, e não para tentar calar vozes que falam a verdade dos problemas de Paulo Afonso, aqui eu vejo um trabalho sério e competente, isto gera muita dor de cabeça no prefeito Anilton Bastos que tentou aqui no escuro e na surdina derrubar o Radar 89, mas essas vozes aqui, prefeito Anilton o senhor não vai calar, nem a minha”, esclareceu.

 

Entre Mário Júnior e Val Oliveira estão as condições políticas

 

“Primeiro se tem que conversar com a sociedade e construir uma cartilha, eu vou apenas lançar aleatoriamente para apenas dizer que sou candidato e ficar parecendo que estou aqui para me manter no poder?, não de boquinha e facilidades, mas de projetos, nós precisamos saber como podemos ajudar esta cidade a crescer, o próximo prefeito precisa conhecer os problemas da cidade: segurança pública, empregos, e recuperar a juventude”, aqui Mário Júnior não descarta sua candidatura, mas também não confirma.

foto1(1)

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.