Por

REDAÇÃO#PA4.COM.BR COM BLOG DO CARLOS BRITTO

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

 

A imagem que enche o povo ribeirinho de esperança: neste domingo, 22, banhistas e moradores do balneário de Pedrinhas, zona ribeirinha de Petrolina, testemunharam o resultado das chuvas que caem na nascente do Rio São Francisco, no Estado de Minas Gerais. Parte do espaço onde os banhistas costumam aproveitar para apreciar as águas do Velho Chico já está quase totalmente tomado pelas águas. Um alento para quem vive na região banhada pelo rio.

 

Na última quinta-feira, 20, o Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMbio), revelou que na região da Serra da Canastra, onde nasce o São Francisco, o volume aumentou em cerca de 200%, comparado com o mesmo período de 2014 e 2015, quando o rio enfrentou seca drástica e histórica na nascente. Há oito anos a vazão da Cachoeira Casca D’anta, na Serra da Canastra, em São Roque de Minas, não era tão intensa.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

6 respostas

  1. Agora cabem os homens, o poder público, os políticos, enfim! Seja lá quem for… Cuidar do velho Chico! Tratar seus esgoto antes de despejar no rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.