2 de dezembro de 2021

City Tour incluindo complexo Chesf será com guia de turismo e custará R$ 150 para grupos de 5 pessoas

Por

Redação (pa4.com.br) com g1 e PMPA

Vista de um dos mirantes do Complexo turístico de Paulo Afonso, no norte da Bahia — Foto: Reprodução/Zé Carlos-TV São Francisco

O Complexo de Turismo de Paulo Afonso, no norte da Bahia, formado pelo conjunto de hidrelétricas e paisagens naturais no município, foi reaberto ao público e passa a receber visitantes a partir desta quinta-feira (21). O local estava fechado desde março do ano passado, quando começaram as medidas de restrição por causa da pandemia da Covid-19.

As visitações, no entanto, devem seguir protocolos de distanciamento social e outras medidas para evitar transmissão da doença. Antes da suspensão do acesso do público, há 19 meses, o complexo chegava a receber até 2.500 turistas nos finais de semana.

Para acessar ao local, é necessário seguir com um guia de turismo, e a taxa média cobrada pelo profissional por esse serviço é de R$ 150 para grupos de cinco pessoas. Além do complexo Chesf, o City Tour inclui ainda visitas a equipamentos, monumentos e outros atrativos turísticos de Paulo Afonso.

No complexo Chesf, os visitantes podem conhecer mirantes para quedas d’água, dreno de areia, o Mirante do Cogumelo, a Usina 1, o bondinho, a Cachoeira Véu de Noiva, a Ilha do Urubu e a comporta Capuxu. Interessados devem procurar uma agência de turismo ou o Serviço de Atendimento ao Turista (SAT), localizado na Avenida Apolônio Sales, para disponibilidade e orientação.

Dentre as medidas estabelecidas para visitação, está a vacinação com uma ou duas doses, além de uso de máscara. O parque elétrico estará aberto de quinta a domingo e feriados, com quatro turnos, divididos nos seguintes horários: 8h às 10h; 10h às 12h; 12 às 14h e 14h às 16h.

O complexo funciona desde 1955 e abastece o sistema interligado nacional. É formado por quatro usinas (PA 1, 2, 3 e 4), além da Apolônio Sales.

O conjunto produz mais de 4 milhões de KW de energia, gerada a parir da força da água da cachoeira de Paulo Afonso, com desnível natural de 80 metros em relação ao Rio São Francisco.

 

Complexo de Paulo Afonso — Foto: Reprodução/Zé Carlos – TV São Francisco

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 3

  1. francisco j says:

    Será cobrado R$ 150,00 por grupo de cinco pessoas, até para aposentados e funcionários da ativa, acho isso uma covardia por parte da CHESF, pois a prefeitura não investiu e nunca investiu nenhum centavo para esse passeio nas dependências da empresa, muitas vezes os aposentados só querem rever o local e alguns amigos onde ele trabalhou por mais de quarenta anos. A empresa mais uma vez mostra que não tem consideração nem com os próprios funcionários imaginem com a população em geral.

  2. MARINA says:

    PRIVATIZANDO O PASSEIO PARA O COMPLEXO DAS USINAS. E OS POBRES DE PAULO AFONSO QUE QUISEREM CONHECER, TERÃO QUE DESEMBOLSAR 150 EM UM GRUPO DE 5 POBRES?? ABSURDO ISSO!!!

    • francisco j says:

      E tem que ter carro para o passeio, nesse caso como a maioria dos carros tem lugar para cinco pessoas você só levará quatro familiar pois tem que levar o guia turistico..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!