Por

[email protected] (www.pa4.com.br) com Folha de São Paulo

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

unocaro-1Um Fiat Uno Mille com mais de R$ 9 milhões em multas foi apreendido, no final da tarde de sexta-feira (25), por policiais militares na avenida Senador Teotônio Vilela, na zona sul de São Paulo.

 

O valor que o veículo deve é cerca de 706 vezes maior do que o preço do modelo dele (ano 2008), de acordo com a tabela Fipe –que é de R$ 12.798.

 

No total, o carro acumula R$ 9.038.872,87 em débitos, sendo a maior parte deles (R$ 9.037.147,79) em multas, de acordo com o Detran (Departamento Estadual de Trânsito). A maioria das infrações se deve a excesso de velocidade e avanço de semáforo.

 

Uma vez apreendido, o Uno Mille deve ser enviado para leilão. O dinheiro arrecadado será descontado do total das dívidas, e o restante ficará em nome do proprietário, cujo nome não foi divulgado.

 

O alto valor da dívida ocorre porque o proprietário do carro é uma pessoa jurídica que não repassou as multas para o motorista que cometeu as infrações com o veículo, segundo o Detran.

 

Além disso, o Código Brasileiro de Trânsito prevê que uma infração tenha seu valor multiplicado pelo número de vezes em que ela ocorreu nos últimos doze meses.

 

Se o veículo foi multado por avançar o sinal vermelho dez vezes no último ano, a multa aplicada será dez vezes o valor original – R$ 2.934,70 -, quando a lei estipula mínimo de R$ 293,47.

 

Diz o ditado que um é pouco, dois é bom e três é demais. Foi a terceira ocasião no mês de novembro que um carro foi apreendido em São Paulo com dívida milionária, acumulada entre multas e impostos.

 

Antes, um furgão foi apreendido no dia 8 com pendências de aproximadamente R$ 2,7 milhões e uma picape Pegeot foi encontrada com mais de R$ 9 milhões em dívidas no dia 18.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.