Por

PA4 com UOL

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Sucesso nas rádios com as músicas “126 Cabides”“Quando o Mel É Bom” e “Meu Violão e o Nosso Cachorro”, a dupla Simone & Simaria afirmou, em entrevista ao programa “Sensacional”, da “Rede TV!”, que já sofreu preconceito durante a carreira, já que habita um ambiente majoritariamente masculino: o sertanejo. Mas, segundo elas, isso é coisa do passado.

 

simone-e-simaria-facebook

 

“Tenho certeza que isso [preconceito] acabou e nós fomos as pioneiras. Saímos na frente, corajosas, e então vieram todas as meninas que também fazem sucesso”, disse Simone na conversa que vai ao ar no próximo domingo (18).

De acordo com a dupla, que está junta desde 2012, a falta de incentivo e as mensagens negativas e às vezes maldosas de quem não acreditava no sucesso não desanimaram as irmãs.

 

“Quando começamos, ouvíamos de várias pessoas que não iria dar certo, inclusive de cantoras famosas. ‘Dupla de mulher cantando forró não dá certo’. Um ano depois, a gente estava cantando em palco principal para mais de 15 mil pessoas.”

Na conversa, “As Coleguinhas”, como são conhecidas, também comentaram sobre a gravação de seu segundo DVD, “Live”, que traz parcerias com Bruno & Marrone e Jorge & Mateus.

 

“Quando estouramos, já os conhecíamos de ‘oi, tudo bem?’. Depois do primeiro DVD ficamos sabendo que eles eram nossos fãs, que adoravam nosso trabalho”, afirma Simone, que, ao lado da irmã, gravou com a cantora Anitta este ano.

“O mais legal é que somos recebidas com muito amor e carinho pelos cantores. Isso faz com que o movimento fique mais forte e que a gente se una, criando amizades verdadeiras. O sucesso do sertanejo é isso: o carinho que um tem pelo outro.”

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.