Secretário diz que vai acelerar entrega da UPA e UTI no HMPA entre 10 a 15 dias

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM ASCOM/PMPA | 24 de Março de 2020 às 1:09




 

 

Na manhã de domingo (22), a Secretaria Municipal de Saúde reuniu na sede do departamento localizada na Avenida Apolônio Sales, os médicos que estão dentro do atendimento da rede municipal, entre outros profissionais, para orientações precisas visando o combate contra o coronavírus (Covid-2019).

 

Durante explanação aos profissionais o secretário de Saúde, Ghiarone Garibalde destacou que o objetivo é atualizá-los e reforçar as ações. “O nosso objetivo em estarmos reunindo os médicos é trazer informações atualizadas do nosso plano de contingência. Estamos desde janeiro trabalhando com metas para dar uma pronta resposta, uma atenção para esse momento de enfrentamento contra o coronavirus (Covid-19). Nesta atual situação estamos formulando um bloqueio, uma espécie de isolamento, com relação a quem circula pela cidade e pode estar com os sintomas de Covid – 19. Não existe ainda um tratamento, agora, existe uma outra fase que é exatamente de prevenção total”, fala. “Neste encontro estamos orientando os médicos para fazerem parte das equipes de urgência que estamos estruturando para essa segunda semana de observações. Formamos uma comissão de enfrentamento do coronavírus que será composta por três médicos, além da participação de fisioterapeutas, ou seja, uma equipe essencialmente técnica para cuidar de urgências que possam acontecer”, complementa o titular da pasta.

 

UPA NO CENTRO E UTI NO HOSPITAL DO BTN

 

O secretário falou sobre a instalação de maquinário para o atendimento. “Estamos agilizando a instalação de semi-leitos e o funcionamento da Unidade Terapia Intensiva (UTI) e por isso reunimos os médicos da rede pública municipal, onde equipes estarão sendo treinadas para trabalhar nesse contexto. Nós temos uma UTI que está praticamente pronta, e vamos acelerar o processo de entrega desse equipamento num prazo de dez a quinze dias no Hospital Municipal Aroldo Ferreira (HMPA). Na Ilha da cidade temos uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), praticamente pronta, portanto estamos acelerando o funcionamento dessas duas unidades, e, em menos de 15 dias estaremos com a UTI, UPA e mais o HMPA preparados para as urgências e emergências. Estamos em negociação com o Ministério da Saúde para mais leitos, e isso pode ser liberado nos próximos dias. Estamos trabalhando para que possamos superar todas essas questões burocráticas e termos suportes adequados para nossa população. Infelizmente nesse momento o HNAS não tem uma estrutura adequada para esse suporte porque falta manutenções, entretanto, estamos em busca de soluções para que o Nair possa também ter um suporte”, explica.

 

De acordo com Ghiarone, com a estrutura que está sendo montada o município poderá contar com aproximadamente 90 leitos específicos para uma emergência, e fez um apelo para que a população dique em casa. “Estamos conclamando para que a população fique em casa e evite locais de aglomeração para que possamos passar por tudo isso com poucos danos. Os comerciantes também são fundamentais nessa luta, pois vejam, se tivermos um caso positivo aqui na cidade, nossas posições serão mudadas totalmente com providências mais severas. São trabalhos incansáveis, e já nesta segunda (23) vamos fazer os bloqueios nos limítrofes da cidade, mas o nosso munícipe tem que cooperar.

 

O diretor médico do HMPA, Carlos Tenório, falou sobre esse momento de junção de forças. “É um momento peculiar em todo o mundo, porém estamos municipalizando todo esse contexto e juntos somos mais fortes. Estamos nos reunindo constantemente para estarmos atualizados sobre o que vem acontecendo. No panorama municipal, temos o HMPA que vem dando o suporte necessário, pois toda a triagem se encontra lá. É uma situação nova para qualquer médico e vamos montar comissões para que possamos tratar esse momento da forma mais estruturada possível”.

 

O administrador do BTN, Luiz Humberto, enalteceu os trabalhos de prevenção. “Estamos nos reunindo diariamente para buscarmos estar unidos e atualizados de como proceder nesse momento vital para tomarmos posições certas. O nosso prefeito Luiz de Deus tem acompanhando tudo isso de uma forma essencial e nos orientado de alguns procedimentos e que nada poderá faltar para o sucesso dessa operação. O prefeito destaca que tudo o que estiver ao nosso alcance deverá ser aplicado com todo o nosso rigor, estrutura e potencial em busca do melhor resultado possível”, enfatiza.




 



11 pensamentos em “Secretário diz que vai acelerar entrega da UPA e UTI no HMPA entre 10 a 15 dias”

    1. Parabéns Guiarone! Só acho que o senhor esqueceu dos funcionários da secretaria de saúde que estão trabalhando sem proteção nenhuma, minha irmã trabalha lá e tá muito preocupada pois até uma máscara não tem, aliás até tem, mas disseram que é pra quem trabalha nas barreiras, álcool gel nem o cheiro tem, quem quiser se proteger que compre é isso o que os chefões respondem. E como diz o dito popular “casa de ferreiro, espeto de pau”.

  1. O governador Rui Costa quem está trabalhando para a UPA vir a funcionar. Ontem na CNN Brasil foi anunciado. O secretário nem citou. Verdade que se fossemos esperar a PMPA nunca que a UPA iria sair do papel.

  2. Só pagando para ver.
    Com estas construtoras apadrinhadas que recebem por serviços não efetuados e paralizam as obras por faltas de capacidades técnica põe em risco estas promessas.

  3. Esqueceram de falar que a UPA já está pronta desde anos. Todas as cidades de médio porte como a nossa já tem UPA e a nossa cidade até agora com ela pronta e fechada com tapume. Isto é uma vergonha e o … não faz nada. dinheiro publico investido e fechado a ANO. Vamos ver agora!

  4. Só promessa. Não toma de conta nem da atenção básica, faltando remédio toda hora uma equipe igual a ele … demais que não sabe atender a população. Só sabe prometer e vender fumaça. Além de outras coisas….

    1. Muito bom amigo Roberto. Essa barreira aí do Povoado Riacho é uma farsa. Eles deveriam tirar daí e botar ali no entroncamento da Malhada Grande com a BR 110 e assim pegar as pessoas vindas de sergipe e da BR-110. O que vc acha???

  5. Giarone a minha sugestão e na Direção de você melhorar e rever a disposição das barreiras – troca o pneu com o carro em movimento. É necessário sim, pois bem, lá no Povoado Riacho tem ao meu ver uma barreira desnecessária sou formado em enfermagem e sou produtor Rural, transito muito naquela região e conheço muito bem, como a palma da minha mãoe por isso digo que aquela BARREIRA DO RIACHO é equivocada, pois eu passei pela do Riacho ontem, depois passei de novo pela da PRF lá no BTN 2. la no Riavho os profissionais me pararam e não me consultaram a temperatura, me disseram que não tinha a menor condição de trabalho, estava chovendo e eu perguntei coitados de voces, cade o alcool em gel, máscaras e capas de chuva, eles não tinham nada, vi que eram profissionais dedicados, pois mesmo na chuva fizeram seu trabalho.

    Mas vamos lá, ACHO QUE SERIA MAIS INTELIGENTE UNIFICAR AQUELA BARREIRA DO RIACHO ALI NA ENTRADA DO ENTRONCAMENTO DA MALHADA GRANDE COM A BR -110, assim pegaria quem vem do Estado de Sergipe pela Malhada Grande e quem vem pela BR-110 e com apenas uma barreira ao invés de duas, entendeu GIARONE? OU PRECIS DESENHAR?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.