26 de setembro de 2021

Resgate da memória de Glória (Francisco Nery Júnior)

Por

Redação (pa4.com.br)

Glória, Bahia. Foto: Ascom/PMG

 

Como pauloafonsino (recebi, com muita honra, o título de cidadão de Paulo Afonso, município desmembrado de Glória), me senti obrigado a humildemente pongar no clamor do professor Galdino com referência ao registro da origem, costumes e história de Glória.

No site Folha Sertaneja, Antônio Galdino descreve, com singular felicidade, a falta e a necessidade de um trabalho minucioso sobre as origens daquele município.

Temos observado iniciativas sérias e proveitosas do atual prefeito, David Cavalcanti, tendo-o como um administrador consciente da grandeza sertaneja de Glória, como, ademais, dos municípios do nordeste da Bahia. Ainda o nosso deputado federal Mário Negromonte poderia dar uma força – que temos segurança que dará – para um projeto racional ao qual acabamos de aludir.

Como um, andei no leito [ainda] seco da cidade de Glória. Entrei na igreja tradicional agora submersa nas águas do reservatório de Moxotó. Tive o privilégio e o prazer de assim fazer para, hoje, poder, com segurança e esperança, me juntar ao clamor lógico do professor Galdino.

A matéria publicada na Folha é esclarecedora e vale a pena ler. A memória de um povo é fundamental para o seu desenvolvimento.

Por Francisco Nery Júnior

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 1

  1. Francisco Nery Júnior says:

    O título me foi concedido por iniciativa do vereador Antônio Alexandre, vereador independente, batalhador pelas causas de Paulo Afonso, de saudosa memória.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!