Por

REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM ASCOM/PMPA

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print




 

O feriado de Tiradentes nesta quarta-feira (21), foi marcado com procura intensa dos idosos e profissionais de saúde para receber a 2ª dose das vacinas Coronavac e Astrazeneca. A estimativa da Secretaria de Saúde em aplicar  1.425 doses foi atingida nos três postos de vacinação.

 

Logo pela manhã era possível ver a fila organizada no drive thru e pedestres nos locais de vacinação, em especial, no posto da Praça CEU, no BTN I, com procura intensa.  Antes de iniciar o horário da vacinação, a dona Elizabeth, 71 anos, já se encontrava na fila para receber a senha e ser uma das primeiras pessoas imunizadas. “Cheguei bem cedo porque tive medo da vacina acabar e eu ter que voltar outro dia”, disse a idosa.

 

De acordo coordenadora de imunização, Damares Lopes, dona Elizabeth é grupo prioritário e não precisam ter medo, pois as ações de vacinação no município seguem um plano estratégico para cumprimento das metas de imunização municipal. “Todos podem ficar bem tranquilos, a 2ª dose é garantida, e ninguém vai voltar para casa sem tomar. Aqui em Paulo Afonso, o controle é rigoroso, para assim concluirmos o ciclo de imunização recomendado pelo Ministério da Saúde”, frisa a coordenadora.

 

Assim como nas etapas anteriores, os idosos que receberam a 1ª dose da Coronavac até o dia 23 de março foram imunizados no Ginásio Luis Eduardo Magalhães e na Praça CEU, no BTN I. Já os profissionais de saúde que receberam a 1ª dose da Coronavac no mesmo período, até 23 de março, foram vacinados no Ginásio Luis Eduardo. Já no posto da Fazenda Chesf, o público alvo foi os profissionais de saúde que receberam a 1ª dose da Astrazeneca nos dias 27 e 28 de janeiro.




 

As etapas de vacinação em Paulo Afonso estão ocorrendo de forma intensa, semanalmente com a 1ª e 2ª dose, atendendo o calendário de imunização contra o coronavírus. “Nós estamos próximos de encerrar essa etapa de vacinação para o público a partir de 60 anos, temos a estimava que ainda esse mês a gente termine o público dos idosos, e assim, avançaremos com a imunização em outras faixas etárias, incluindo os grupos de segurança, salvamento entre outros”, concluiu Damares Lopes.

 

O posto de vacinação da Fazenda Chesf recebeu exclusivamente os profissionais de saúde que tomaram a 1ª dose do imunizante da Astrazeneca/Oxford. “Esse momento é uma vitória para mim, e para todos os profissionais da área de saúde que estão na linha de enfretamento contra o covid-19. Graças a Deus e a Prefeitura que vem atuando de forma rigorosa nesse combate ao coronavírus”, diz o fisioterapeuta José Neumízio.

 

Novas doses da vacina Coronavac/Butantan

 

Nesta sexta-feira (23), das 7h30 às 13h, a Secretaria de Saúde disponibilizará 1.680 vacinas da 2ª dose da Coronavac/Butantan aos idosos e profissionais de saúde que tomaram a 1ª dose até dia 26 de março.







A vacinação para 2ª dose para os idosos via drive-thru acontece na Praça da Fazenda Chesf e Praça CEU, no BTN I. Já os idosos que preferem ir a pé, devem se dirigir ao Ginásio Luís Eduardo e a Praça CEU, no BTN I.

 

Os profissionais de saúde que fazem parte da etapa de imunização devem direcionar ao posto de vacinação do Ginásio Luís Eduardo.

 

Vale lembrar que é necessário apresentar o cartão de vacinação, RG, CPF e comprovante de residência no momento da vacinação.

 

Campanha Paulo Afonso Solidária

 

Continua a todo vapor a ação de doação de alimentos não perecíveis e/ou itens de higiene pessoal para a campanha Paulo Afonso Solidária, realizada por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

 

A arrecadação acontece nos dias de imunização, em todos os postos de vacinação de forma não obrigatória, mas com o propósito de solidariedade entre as pessoas no momento de pandemia.

 

“Estamos desde o início da vacinação com a campanha, arrecadando alimentos e produtos de higiene que serão distribuídos para as famílias afetadas diretamente pela crise do coronavírus.  São aquelas famílias que perderam o emprego em decorrência da pandemia, pessoas que tinham seu emprego formal e acabaram sendo demitidos, como também os ambulantes, mototáxi, músicos, entre outros que estejam passando algum tipo de dificuldade”, explica a representante da Sedes, Cristiane Dantas.

 

Segundo Cristiane, o município continua executando as ações de benefícios nos CRAS, entretanto, a Campanha Paulo Afonso Solidária visa ampliar a rede de apoio a comunidade e atingir o maior número de pessoas necessitadas. “Percebemos que a população está aderindo, que está abraçando junto com a gente esse movimento tão importante diante dessa crise que vem assolando todo o país”, comenta.

 

Além da Sedes, a ação solidária conta com a parceria da Diocese de Paulo Afonso, Associação Baiana de Ministros Evangélicos (Abame) e Associação Comercial de Paulo Afonso (Ascopa).

 

Os alimentos arrecadados serão direcionados ao Banco de Alimentos onde serão montadas as cestas básicas para a doação.



Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Uma resposta

  1. Não houve esse acerto como quer que acredite que houve não.
    Teve muito que no dia 23.03.(março) vacinaram na fazenda CHESF e no entanto chegando lá era no ginásio de esporte.
    Ora, não houve boa divulgação como querem que acreditemos, por exemplo não vi divulgar na maior e melhor rádio da região Rádio AnjiquiAnnho FM em barragem Leste.
    Que o gestor saiba melhor escolher seus subordinados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.