Por Francisco Nery Júnior: Prorrogação de mandatos dos prefeitos e vereadores por dois anos – Covid-19

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR | 25 de Março de 2020 às 22:00

Foto: Reprodução.



 

 

Não é a lógica do evangelho, as Boas Novas de Salvação trazidas por Cristo o filho de Deus, mas alguém já asseverou que, se não fossem as guerras, o mundo estaria bem atrás em termos de desenvolvimento. A ânsia de vencer e o desejo de sobreviver conduzem o ser humano a dar tudo de si; a se esforçar, poupar, isto é, arrebanhar todas as forças, e a buscar soluções. Isto agora é evangelho.

 

Estamos em uma guerra contra o Covid-19. Assim sendo, todo o esforço de produção da humanidade deve ser concentrado na luta contra o vírus. Ou perderemos a guerra e o filme sobre a aniquilação da raça humana por um vírus terá sido verdade.

 

Os países tomam medidas para contenção da expansão do Covid-19. Estamos quase todos confinados. Shows e concentrações foram proibidos. As Olimpíadas de Tóquio foram postergadas. Medidas outras amargas certamente virão. O presidente da Câmara dos deputados fala em corte de salários no Congresso Nacional e o pagamento das parcelas da dívida dos estados para com a União fica suspenso, tomando como certo que o dinheiro será aplicado no combate à epidemia. Temos, lamentavelmente, que começar a nos acostumar com uma economia de guerra.

 

Como praticamente ninguém discorda que a coisa é séria, salta aos olhos que é conveniente a prorrogação dos mandatos dos prefeitos e vereadores por dois anos. Os prefeitos de primeiro mandato não poderiam se candidatar para um novo período dentro de dois anos.

 

Teríamos eleições gerais no final de 2022. A enorme soma de dinheiro que seria gasto nas eleições previstas para este ano, principalmente com o financiamento das campanhas e com o Fundo Partidário, seria destinada para a guerra contra o Covid-19 que se anuncia árdua.

 

Francisco Nery Júnior




 



11 pensamentos em “Por Francisco Nery Júnior: Prorrogação de mandatos dos prefeitos e vereadores por dois anos – Covid-19”

  1. E quando que 30 anos Paulo Afonso agoniza.se estou errado,aponte . só um ponto!UTI ,fora indústrias, nepotismo,gente estruturado financeiramente,como aposentados tomando vagas, perseguições, cidade atrasada, impostos altos,roda da fortuna pública,enfim se for colocar a lista, não dá essa postagem.

  2. prorrogar + 2 anos ? não acha que basta ,cidade atrasada, perseguições, aposentados tomando vaga de quem precisa,sem UTI, nepotismo,roda da fortuna pública,falta de indústrias,etc,a lista é enorme

  3. Sem dúvida alguma, as eleições municipais vão ser adiadas e os mandatos vão ser prorrogados e o dinheiro do fundão, vai ser aplicado na saúde.

  4. Patriotista, apenas para acrescentar e com todo respeito à sua crítica que tem todo fundamento: se outro grupo tomar o poder nas próximas eleições, a coisa muda? Eles todos dizem, falando ou nas entrelinhas e, pior, com as ações que você muito bem enumerou, que, se não for assim, ninguém governa. Será que o mundo um dia melhora, amigo? A novela não será sempre a mesma como tem sido? Se você um dia chegar lá, e só chegará se o policiamento dos maus cometer alguma falha (o patrulhamento dos maus corta a subida dos bons e honestos na nascente), se você chegar lá, conseguirá fazer diferença? “Eles” vão lhe enlamear de todas as formas, procurar ridicularizar, disseminar fake news, e por aí vai. Ou o caro amigo não se lembra que Galileu quase foi queimado na fogueira porque disse que a terra era redonda? É patriota, muita paciência. Deus tenha piedade de todos nós. Para encerrar, e não é referência a quem, quero crer, como você, fala com o coração, alguém já disse que político (todos somos) é como macarrão: só é duro fora da panela.

    1. sei que assim como nós tem muita gente revoltado com esse sistema blindado de Paulo Afonso.Oposição aqui não existe, porque usam os frívolas ,mais acredito se galinho ganhar, é a única esperança pra nós e conterrâneos, porque apesar de alguns compatriotas trairem a forquilha,resta uma esperança de que essa agonia acabe com mudança na política de Paulo afonso.valeu cara

  5. Não é justo, muito menos racional e honesta, uma determinação, hoje, de que os atuais mandatários dos poderes executivos municipais e os legisladores tenham os seus mandatos prorrogados.

    Esses elementos são muito eficientes e rápidos quando alguma coisa começa a se apresentar com dificuldade para eles, viu!

    Não estamos no mês de votação! Se eles estão preocupados com a bolada de dinheiro que financia as suas campanhas, que busquem outras formas de realizá-las – de preferência, sem fazerem uso do dinheiro do povo.

  6. AS ELEIÇÔES DE 2020), MESMO CONTRA A MINHA VONTADE, DEVEM SER PRORROGADAS SIM. DIGO CONTRA A MINHA VONTADE, PORQUE EU JÁ CONTO NOS DEDOS O DIA VE VER ESSA FÁMILIA FORA DA PREFEITURA. NÓS NÃO ESTAMOS NA INGLATERRA, PRA TERMOS UM REI. E UMA RAINHA CHAMADA CINTIA. UM PRIMEIRO MINISTRO CHAMADO ADERVAL, UM SUBSTITUTO CHAMADO, LUIZ HUMBERTO. E UM MORDOMO, CHAMADO: TITA VERDUREIRO. E UM BANDO DE SÚDITOS, TIPO: MANOEL RESENDO.

    1. Eu não concordo em adiar as eleições Municipais e sim que seja realizadas este ano ,não vamos aguentar este Prefeito mais dois anos.Este ano temos que tirar este Prefeito e sua trupe da Prefeitura,se não vamos ficar em casa o tempo todo pois eles
      estão achando bom assim sem ninguém reclamar de nada e eles fazerem o que quiserem.Não estão vendo que nossa cidade não tem caso de coronavírus e eles ainda estão impondo lei marcial,eles estão querendo forjar um caso de coronavírus aqui para poderem prorrogar o estado de sítio em nosso Município.O secretário deveria se contaminar certo.

    2. comentam na cidade de que a ordem é que todo os funcionários da prefeitura,os que prestam serviços nos órgãos estadual e federal perante a chibata tem que votar no gestor,for os que prestam serviços pelo estado afeição de deputados e federal também por deputados.agora diga ?nem a segunda guerra,caiu mesmo antes de continuar a se instalar.isso é pior que o vírus, porque a cidade está sendo coagida e o povo seus escravos de um grupo

  7. Uma ideia seria prorrogar apenas para os bons prefeitos. Os maus sairiam e os vices teriam uma chance de mostrar serviço e, talvez, quebrar a linha de corrupção. A questão é: quem teria a procuração para decidir se o prefeito é bom ou mau? O que seria ser bom e o que seria ser mau? Quais seriam os critérios? Os judeus tradicionais, creio, julgavam, pelo menos muitos deles, que Cristo era mau até que veio o “verdadeiramente este era o filho de Deus”. Alguns, talvez muitos, dos tradicionais de Israel eram sinceros. Eles acredit[av]am em Deus. O próprio Cristo testemunhou: “Credes em Deus (,isto é, vocês creem em Deus); crede também em mim” ( ,isto é, creiam também em mim). E aí vamos nessa doce conversaria com os leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.