Paulo Afonso: Veja o perfil dos 41 pacientes que já passaram pelo Hospital de Urgência Covid-19

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR | 28 de junho de 2020 às 21:15




 

 

A Prefeitura de Paulo Afonso, através da Secretaria de Saúde, informou neste domingo, dia 28 de junho, o perfil dos pacientes que foram admitidos no Hospital de Urgência Covid-19.

 

Até o sábado (27), deram entrada 41 pacientes, com faixa etária entre 22 a 100 anos de idade, destes, 4 tinham entre 21 a 40 anos; 9 entre 41 a 60 anos e 28 tinham acima de 60 anos, destacando que a população idosa está mais suscetível ao agravamento dos sintomas.

 

Foram registrados 5 óbitos por Covid-19 no ambiente hospitalar, no qual todos os pacientes apresentavam idade acima dos 60 anos e ocorreu 1 óbito no domicílio de paciente com idade menor que 40 anos.

 

Com relação às comorbidades, 36% dos admitidos são hipertensos, 26% diabéticos, 9% cardiopatas, 8% com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica- DPOC, 5% dos pacientes apresentam obesidade, 6% tabagista, 1% em tratamento para câncer, 1% com insuficiência renal crônica e 8% sem relatos de comorbidades.

 

“Diante da avaliação destes dados, reforçamos para a população sobre a importância de manter todos os cuidados necessários durante este período de pandemia, intensificando os cuidados com os grupos de risco, já que estes estão mais suscetíveis aos agravamentos causadas pela COVID 19.”, recomendou a prefeitura.

 

 




 



4 pensamentos em “Paulo Afonso: Veja o perfil dos 41 pacientes que já passaram pelo Hospital de Urgência Covid-19”

  1. Volto a questionar, por que a Clínica onde dr. … trabalha continuou funcionando, depois do mesmo ter sido internado. Cadê as informações sobre o caso? Precisamos saber , pois as datas informadas pela Clínica e pela Vigilância Sanitária não batem. E se foi feita a desinfecção, os funcionários poderiam continuar trabalhando (se tiveram contato com ele)?

  2. É tanto questionamento e poucas respostas que sejam seguras, que atendam à nós. Isso nos dá uma insegurança enorme, além de já estarmos vivendo num stress emocional, o lado físico responde e o medo acompanha. Seria tão mais fácil se todo mundo, todos os políticos tivessem empatia com os outros e o lado humano fosse mais importante que o lado político, mas vem a parte da ganância, onde a nossa morte vale mais que o próprio voto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.