21 de junho de 2021

Paulo Afonso já é o 5º em casos ativos da Covid-19 na BA; foram mais 106 infectados em 48h

Por

Redação (pa4.com.br)

Nesta terça-feira (18), o secretario de Saúde de Paulo Afonso, Adonel Júnior, participou ao vivo do Jornal da Manhã na TV Bahia e explicou o pedido de ajuda a cidades vizinhas para atendimento médico. Foto: reprodução/TV Bahia



 

Os casos ativos da Covid-19 voltaram a aumentar em Paulo Afonso, nesta terça-feira (18), segundo a Secretaria Municipal da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico, o município tem agora 470 contaminados pelo novo coronavírus em busca de recuperação, entre hospitalizados e pessoas em isolamento domiciliar. O boletim de hoje também registrou mais 3 óbitos causados pela doença.

Pelos números do Estado são 329 ativos, ou seja, 141 a menos do que os dados oficiais do município. Ainda assim, Paulo Afonso subiu uma posição em relação ao último dia 15 de maio, confira:

 

1º Salvador (2.978)

2º Feira de Santana (634)

3º Itabuna (417)

4º Barreiras (401)

5º Paulo Afonso (329)

6º Vitória da Conquista (269)

7º Porto Seguro (262)

8º Ribeira do Pombal (258)

9º Lauro de Freitas (257)

10º Guanambi (255)

 

O número de pacientes de Paulo Afonso internados nas unidades de saúde do município com casos da Covid-19 é de 38. A ocupação nos leitos é de 100% na UTI do HMPA, 100% na UTI UPA Covid, 92% nos leitos semi-intensivos do HNAS Covid, 80% nos semi-intensivos do Hospital de Urgência Covid (UPA), 100% na triagem e 37% nos semi-intensivos no HMPA.

Somente nas últimas 48 hotas, Paulo Afonso confirmou 106 novas contaminações pelo novo coronavírus. Com estes números, o município acumula agora, desde o início da pandemia, 5.520 casos confirmados de covid-19, 4.913 recuperados e 137 óbitos pela doença.

Nesta terça-feira (18), o secretario de Saúde de Paulo Afonso, Adonel Júnior, participou ao vivo do Jornal da Manhã na TV Bahia. Ele explicou o pedido de ajuda feito a cidades vizinhas para atendimento médico a pacientes com covid-19 e voltou a fazer um apelo à população (VEJA VÍDEO AQUI).

 







VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 1

  1. Clara Silva says:

    Volto a dizer que as pessoas de 50 a 60 anos sem comorbidades precisam também serem vacinadas. Até quando esperar??? Toda chegada de vacinas os mesmos ficando de fora. Lamentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.