Por

Luiz Brito DRT/BA 3.913 (bobcharles.com.br)

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Foto: Tiago Santos (Arquivo)



 

Conversando com um passageiro que aguardava ônibus para Petrolina(PE), neste sábado (25), ele relatou o seguinte: ’’É uma vergonha essa nossa rodoviária. São bancos desconfortáveis, e o usuário ainda tem que pagar R$ 4,50 da taxa de embarque, além de que se precisar usar o banheiro paga outra taxa, uma escuridão que parece casa mal assombrada, uma lanchonete que cobra preços exorbitantes por um lanche terrível isso é um desrespeito para nós ’’destacou. Enfim, isso é Paulo Afonso a “cidade do bem e do avanço”(SIC).







Outra reclamação constante por parte dos usuários da rodoviária é a falta de um bebedouro, o que obriga os passageiros a comprar água na lanchonete do terminal ou a permanecer com sede. De acordo com os passageiros, a indisponibilidade de água para quem passa pelo local é um desrespeito com os clientes, que pagam taxa de embarque na compra das passagens e deveriam ter o retorno do investimento em conforto e segurança.



Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

3 respostas

  1. 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣 á 35 anos esta favela é administrada pelo mesmo ……
    E apartir de 1° de janeiro de 2022 o juizo final vai acontecer no aeroporto de Paulo Afonso, a Infraero com 41 anos de ótimos serviços prestados vai sex ´´expulsa´´ do aeroporto e o mesmo……vazia oficina…..o aeroporto…..
    Imaginem a …. que vai acontecer com o nosso aeroporto.

  2. Certa fez fui no banheiro paguei 2 reais e quando fui sair a fechadura quebrada, quem recebia o dinheiro era um baixinho…., andava com o administrador da rodoviaria, uma vergonha mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.