20 de setembro de 2021

“O objetivo não é tirar ninguém da rua”, diz secretário sobre cadastro de ambulantes em Paulo Afonso

Por

Redação / Informações PMPA

 

Com o objetivo de conhecer e organizar o comércio ambulante, a Secretaria de Administração está realizando o cadastro da categoria. De acordo com a equipe, uma frente de trabalho está sendo desenvolvida para a captação de informações desse grupo.

A ação ainda objetiva regularizá-los, para que saia da informalidade e assim ter a possibilidade de captar recursos para seu desenvolvimento. “O objetivo da secretaria não é tirar ninguém da rua, mas identificar quem é quem e ordenar a via pública”, ressalta o secretário Cléston Andrade.

Segundo ele, o cadastramento vai possibilitar conhecer o perfil do trabalhador e os produtos comercializados no perímetro, e a partir dessas informações coletadas, a Secretaria de Administração junto com a equipe da Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio (Setic), vão auxiliar esses profissionais na emissão do registro empresarial – caso não possuam, e na orientação para captação de recursos e financiamento por meio do Desenbahia.

A secretaria reforça que paralelo ao cadastro dos ambulantes, está realizando o levantamento de quiosques do município que não estão sendo utilizados e assim possam servir de ponto de venda para essas pessoas.

“Temos consciência que estamos atravessando um momento difícil, em especial econômico, e o nosso foco não é proibir a comercialização mas proporcionar uma forma mais digna de trabalho dentro do comércio local”, finaliza.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 2

  1. francisco j says:

    Mas tem que retirar essas pessoas das calçadas, há uns anos atras foi feito um cadastramento e os ambulantes foram colocados no POP SHOPING ali ao lado do San Marino, a prefeitura tem que criar um novo local para esses ambulantes, nas calçadas eles atrapalham os pedestres e as lojas que pagam seus impostos, a cidade fica feia e desorganizada. Dizer que estamos em crise, desemprego ta grande, tenho que pagar minhas contas é tudo balela,

  2. Val Paiva says:

    Concordo plenamente as calçadas devem ficar livres para os transeuntes,muitos que estão vendendo nas calçadas tinham pontos no Pop Shopping e no novo mercado,venderam os mesmos e voltaram para as calçadas.Outros vêm de outras cidades e se apossam das calçadas e a prefeitura faz de conta que não está vendo.QUEREMOS NOSSAS CALCADAS LIVRES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!