Por

Estadão Conteúdo

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

inside-imge-3-neymr-100-jesusNeymar encontrou uma forma peculiar de rebater o pedido de prisão contra ele feito pelo Ministério Público da Espanha, na última quarta-feira. Nesta quinta, o jogador do Barcelona comentou o caso pela primeira vez, através de uma postagem no Instagram. Ali, relacionou a acusação ao fato de “levantar o nome de Jesus”.

 

“Eu sempre soube que levantar teu nome (de Jesus)  causaria controvérsia, discórdia, inveja, mal olhado e todas as coisas ruins porque tu o Senhor é o Deus que me ilumina e me conduz pelo teu caminho”, escreveu, ao compartilhar imagem em que aparece beijando a medalha de ouro olímpica conquistada em agosto, com uma faixa escrita “100% Jesus” amarrada à cabeça. “Sabemos nós que todas as lutas são contra os principados e potestades, mas juntos, como família, venceremos mais uma e saberemos que virão mais, mas nós estamos preparados… nós temos Jesus”, continuou Neymar.neymar-100-jesus

 

Na última quarta-feira, o procurador José Perals recomendou dois anos de prisão a Neymar e uma pena de cinco anos ao ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, considerado como a pessoa responsável pelo contrato com o jogador brasileiro. No mês passado, a Justiça da Espanha havia decidido processar Neymar por corrupção, reabrindo o caso que havia sido arquivado.

 

O juiz José de la Mata também optou por processar o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, além do pai do jogador e até mesmo ex-dirigentes, como Sandro Rosell. O centro da polêmica era ainda o contrato entre o jogador e o clube.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Uma resposta

  1. Sonegador safado, falando merda!
    Perseguição religiosa é desculpa mais hipócrita pra acobertar seus erros, pensou que ia se safar igual os bandidos daqui?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.