20 de setembro de 2021

‘Nem Forças Armadas nem PM vão se meter numa aventura dessa’, diz Rui sobre golpe

Por

Redação (pa4.com.br) com Correio24h

Casos de PMs da ativa convocando para atos serão tratados dentro da lei, afirma. (GOVBA/Arquivo)

 

O governador Rui Costa (PT) criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o governo federal ao falar nesta terça-feira (24) da reunião com colegas de outros estados. Ele também comentou a possibilidade de uma ‘infiltração bolsonarista’ na Polícia Militar dos estados – um coronel foi afastado do cargo ontem pelo governador de São Paulo após convocar para ato pró-Bolsonaro e contra o STF, o que é proibido por lei a militares da ativa.

Rui disse que acredita nas instituições brasileiras e duvida de um golpe. “A PM não é instituição de governo, é do Estado brasileiro, da Bahia, da população. Minha opinião é de que qualquer uma, Forças Armadas, PM, não pode estar a serviço político de nenhum partido e nenhuma ideologia. Tem que estar a serviço do Estado brasileiro e baiano. Tem uma lei maior que nos rege a todos que é a Constituição. Não acredito em nenhuma hipótese que ninguém vai se meter numa aventura dessa. Nem as Forças Armadas e muito menos as Polícias Militares, vão se meter numa aventura desastrosa dessa”, avalia. “Qualquer aventura seria o caos completo”.

Ele fez uma alusão direta ao presidente Jair Bolsonaro. “O Brasil não é Afeganistão, não vai virar um Afeganistão e não vai virar um país de 10ª categoria que qualquer incompetente e aventureiro vai promover a desordem. Se lá atrás ele (referência a Bolsonaro) tentou explodir um quartel e por isso foi afastado do Exército, hoje ele não vai explodir o Brasil porque o povo não vai permitir. Basta esse sofrimento de quatro anos”, diz.

O governador afirmou que situações similares à de São Paulo, se ocorrerem na Bahia serão tratadas como manda a lei. “Eu acredito e vou continuar defendendo as instituições brasileiras. Independente delas terem virtudes ou defeitos, mas são nossas instituições e nós temos que corrigi-las, trabalhar para que sejam mais fortes e melhores, dentro da regra do jogo democrático. Não tenho dúvida que assim faremos. Eventualmente comportamentos que não correspondam ao que está na Constituição e na lei têm que ser tratados dentro da Constituição e da lei”.

Reunião com governadores
Rui disse que o encontro com governadores teve basicamente duas pautas: projetos em tramitação que ele entende que prejudicam o povo e também a situação de “drama” que vive o Brasil com aumento da pobreza e piora de índices econômicos.

“A exemplo da lei que modifica o Imposto de Renda, que só para Bahia dá prejuízo direto e imediato de R$ 750 milhões a menos. Com esse projeto, a Bahia enfrentará ainda mais dificuldade. Além de outros projetos que estão no Congresso que dão expressivo prejuízo ao povo baiano, nordestino, brasileiro”, exemplificou o governador. O projeto que altera o IR está em tramitação e a Bahia deve ser o estado que terá mais cortes de verbas caso ele seja aprovado, segundo um estudo.

Em seguida, o governador falou do momento que vive o país, atribuindo culpa ao governo federal. “A segunda pauta era o drama que o Brasil vive com aumento do desemprego, piora dos indicadores econômicos, aumento da inflação, aumento da pobreza, a escassez de produtos que hoje presenciamos, que viabilizaria eventualmente a retomada da economia. A dificuldade de relacionamento com vários países do mundo. Tudo isso provocado pela incapacidade do governo federal de fazer gestão e pelo excesso, que na minha opinião, é usado para esconder essa incapacidade. O governo aumenta tom e agressividade com instituições, governadores, prefeitos, e judiciário [para desviar o foco dos problemas]”, disse.

Ele continuou: “Isso é péssimo para o cidadão comum, que todo dia há de se perguntar: o que eu tenho a ver com isso? Tem a ver porque com instabilidade jurídica e institucional, com insegurança, nós afastamos investimentos externos e internos, diminui a geração de emprego, aumenta desemprego, e a pobreza. E com a política econômica atrelada também ao dólar e com essas agressões que o presidente faz o dólar volta a subir. O impacto direto é a subida dos combustíveis, alimentos, insumos, e construção civil. O país vive uma tragédia e ontem o debate foi sobre isso”, diz.

Apesar do encontro e da decisão de tentar abrir um diálogo com o governo federal, Rui diz que não tem expectativas de mudanças reais. “Na verdade, nós caminhamos para busca de um consenso entre governadores. Alguns insistiam que temos que manter sempre a porta aberta e manter o diálogo, mesmo que não acreditemos. Eu sou dos que sempre buscam garantir o consenso entre governadores, porque basta o dissenso com o presidente. Então caminhamos para uma adesão a essa proposta que propunha um chamamento à reflexão e diálogo do governo federal, embora eu pessoalmente não acredite que haverá qualquer alteração do padrão de comportamento da presidência, porque esse é o modus operandis que ele exercita desde o primeiro dia do mandato, repito, trazendo enorme prejuízo para a vida do brasileiro”, avalia.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 6

  1. Gilson says:

    Esse comunista do governo da Bahia vai ver o que é bom

  2. Deusa says:

    Não votei em Bolsonaro mas, sejamos honestos pois ninguém tem culpa da atual situação, o culpado mesmo é a pandemia e reconhecer que,gostando ou não, é o governo federal que vem enviando milhões de reais e vacinas aos Estados e municípios para combater o covid. Os políticos deveriam ter vergonha desse papelão mas as eleições vem aí para o povo dar a resposta a eles.

    • Cleber Corretor says:

      Rui Costa c….., cadê o Carlos Gabas que sumiu com 48 milhões de.reais.do consórcio nordeste. Ah e tem mais aqui em Paulo Afonso o Dr. Luis de deus aonde estão os 13 respiradores usados que nunca chegaram….

  3. Cardoso says:

    Você é a vergonha da Bahia
    Se Rui Costa.

  4. Senhora de respeito says:

    Hahaha, e quem é tú? SÓ MAIS 1 COMUNISTA Q EM BREVE FICARÁ DESEMPREGADO! KKĶKL, QUEM VIVER VERÁ!

  5. cris matos says:

    a vergonha da Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!