Por

REDAÇÃO#PA4.COM.BR COM WL (REDE BAIANA DE NOTÍCIAS

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
(PA4.COM.BR)

 

Os condutores de veículos da cidade de Paulo Afonso estão pedindo à prefeitura  a construção de um retorno na BA-210, próximo ao Atacadista Assaí. De acordo com eles, pessoas que residem no BTN, centro, além de carros, motos e ônibus urbanos encontraram dificuldades para mudar de via ao saírem do Atacadista.

 

Desde a chegada do Assaí na cidade de Paulo Afonso, que o movimento na BA-210, em frente ao estabelecimento comercial quase que triplicou, por isso a necessidade de um retorno.

 

Também já ocorreram acidentes quando condutores tentam mudar de pista.  Uma ideia seria a construção do retorno ao lado do terreno da AABB.

 

Uma equipe do Departamento Municipal de Trânsito já estuda a possibilidade de atender ao pedido.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

18 respostas

  1. Muito simples, é só fazer o retorno no canteiro em frente ao assai, e colocar um semáforo para quem vai para gloria e outro para quem vem de gloria e um na saída do assai, quando o da saída do assai tiver aberto os outro dois fecham. Simples.

      1. Amigo, tem um retorno a 200m do mercado e que já utilizado a tanto tempo. Colocar semáforo novamente? Pelo amor de Deus! O que falta é educação para alguns e outros que não tem noção de trânsito e estão com uma carta de motorista em mãos. Sábado mesmo fui testemunha de uma motorista dando uma contra-mão naquele local, imagine!! Não sei se foi pra andar menos ou barbeiragem, mas qualquer uma das duas confirma o que estou argumentando.

    1. Perfeito, Jackson!! Essa foi a mesma ideia que tive, ao perceber o inferno que se tornou o trânsito naquela região após a inauguração do Assaí. Uma solução simples e, com certeza, muito eficaz!

    2. Simples e perfeita a solução. Infelizmente, gastaram tanto dinheiro ali e não se preocuparam com o básico: os clientes vão sair por onde? Até parece que esse povo responsável pelo trânsito não andam de carro. Tava notório isso aí! Mas eles não viram.

  2. Parece que não houve um projeto de trânsito, é óbvio que isso iria acontecer devido as opções do local, necessita de uma intervenção, porém agora com o mercado construído fica mais complicado.

  3. Foi gasto um milhão na troca dos semáforos e nas sinalizações colocadas pela cidade, inclusive os que estão na rotatória do centro, sem funcionar por falta de um estudo de viabilidade. A ideia do Jackson foi perfeita, três semáforos seriam utilizados e teríamos mais segurança e menos riscos de acidente. Um no sentido glória-paulo afonso outro no sentido paulo afonso-glória e um na saída do assaí pra controlar o fluxo em direção ao retorno que seria construído.

  4. Muito apropriado, só não contratem a mesma empresa do fiasco do redondel… Como sempre, falta de planejamento da PMPA. Faltam cérebros ali.

  5. Este departamento de trânsito de Paulo Afonso é uma piada, muito despreparados, é só lembrar dos semáforos que foram “implantados” na rotatória da entrada da ilha! PIADA!

  6. Muito me admira, a instalação de um empreendimento de tamanho porte e movimentação de pessoa, ser instalado sem um requerer do mesmo, um estudo de impacto de trânsito e suas devidas ações implantadas. Estão esperando o quê, que a estatística de acidente no local cresça, para poder tomar providências??? Torço para que essa nova gestão possa fazer as coisas boas e diferentes em nossa cidade.

  7. A matéria veiculada é contraditório e induz a população ao erro. Um veículo de comunicação tem que prestar informações corretas. Nenhuma prefeitura tem competência para operar em rodovias Estaduais. O Assaí está localizado na BA 210, portanto, não cabe ao município instalar qualquer tipo de retorno sem a autorização do Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.