Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

 A construção do supermercado Assaí, no bairro Jardim Bahia, que deveria ser motivo de esperança, pois, geraria empregos já nesta fase – assim foi prometido, tem frustrado expectativas.

 

14567384_1069684089816260_5916466291048645915_o
Construção do Assaí, Bairro Jardim Bahia- PA.

Não apenas de quem ficou de fora da construção, pois boa parte dos trabalhadores vêm de outra região, agora, um morador, José Teixeira Lima, reclama que a obra, autorizada pela prefeitura, estaria invadindo seu terreno.

 

″O terreno é meu, comprei há quase 20 anos, todos os anos pago o IPTU, tenho documentos e como provar que é meu com a Escritura Pública, aí eles invadiram″, diz seu José.

 

Segundo o proprietário, fizeram uma marcação e, depois, ele teria conversado com o vereador Petrônio Nogueira (PDT), e este o teria apresentado ao Flávio  Henrique, vice-prefeito eleito.

 

14681074_1069684036482932_8814695752628689711_o
Morador reclama que prefeitura teria tomado pedaço do seu terreno.

″Flávio me disse que eu poderia ficar sossegado, que ninguém iria mexer em meu terreno, uma semana depois remarcaram de novo, fui novamente à prefeitura, mandaram eu tirar xérox dos documentos e entregar para o Chico vir remarcar, no entanto, a retroescavadeira cavou 80 cm e encheram de pedras″, diz seu José.

 

Seu José disse ainda que, se procura o Assaí, dizem que é com a prefeitura, e se vai nesta dizem que é com o Assaí. Resultado: está no prejuízo.

 

Para saber o tamanho da dor de cabeça de seu José, basta tentar comprar um palmo de terra no centro de Paulo Afonso.

 

″O engenheiro diz que tem alvará da prefeitura para mexer no terreno e que fosse resolver lá, mostro meus documentos mais ele não quer nem ver″, desabafou.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

2 respostas

  1. 80 cm de terreno pra deixar de ser aquele terreno baldio? Acredito que deveria vender essa parte do terreno.. Ou até mesmo ceder.. Já que está há 20 anos sem nem fazer limpeza no terreno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.