20 de setembro de 2021

Marconi e Bacelar articulam para discutir situação do HNAS com líder da bancada na Câmara em Brasília

Por

Assessoria de Comunicação

 

O vereador Marconi Daniel (PODEMOS), que também é Vice-Presidente da Comissão Temporária Especial sobre a Transição da Gestão do Hospital Nair Alves de Souza (HNAS) vem se mobilizando para resolver de uma vez por todas a situação do Hospital. O parlamentar tem articulado com o Deputado Federal Bacelar (PODE/BA) para que o caso do Nair seja discutido em Audiência Pública presencial em Brasília.

A solicitação foi feita por meio de ofício (n° 072/2021) enviado para o líder da bancada baiana na Câmara dos Deputados, Marcelo Nilo (PSB/BA). Além do Deputado Bacelar, outros deputados apoiam a causa, são eles o Mario Negromonte Junior (PPB/BA), Alice Portugal (PC do B/BA) e Lídice da Mata (PSB/BA). Para a audiência marcada para o próximo dia 12 de agosto foram convidados representantes do Ministério da Saúde, Ministério da Educação, Ebserh, Univasf, Chesf, Governo do Estado da Bahia, Prefeitura de Paulo Afonso e Câmara Municipal de Paulo Afonso.

“Como tenho dito todo esse tempo, essa é uma luta que eu comprei. Nasci no Nair e não tenho medido esforços para que possamos discutir esse assunto tão importante. É preciso uma resolução em caráter de urgência. O quanto mais rápido resolvermos isso, melhor para todos. O Nair está sangrando, o pauloafonsino não aguenta mais”, desabafou.

Marconi defende a implantação de uma gestão tripartite, onde o hospital passaria a ser gerido pelo Município, Estado e União. “A intenção de transformar o HNAS em hospital universitário, gerido pela Ebserh, é de melhorar o atendimento à população e garantir que os alunos do curso de medicina da Universidade do Vale do São Francisco (UNIVASF) façam residência na unidade, transformando Paulo Afonso em um centro educacional de medicina. Queremos que o termo de compromisso que foi assinado em 2015 e renovado em 2018 com a Ebserh, a Univasf e o Estado, ele seja executado. É o melhor para Paulo Afonso”, afirmou.

O vereador defende que a implantação de uma gestão tripartite no HNAS resolvera uma série de problemas que a Unidade vem enfrentando. “A Prefeitura de Paulo Afonso não tem condições alguma de gerir o hospital sozinha. O Nair atende pacientes da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco, é preciso de um grande investimentos. Temos visto na imprensa que a situação precária em que os hospitais públicos se encontram, com leitos sendo fechados, cancelamento de cirurgias, redução nos atendimentos, falta de medicamentos, materiais e equipamentos, demissões. Vamos tentar resolver essa questão de uma vez por todas no diálogo, como sempre buscamos fazer”, finaliza.

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 1

  1. Sydney Leão (Coordenador CMED-PAV Univasf) says:

    Parabenizo, em nome da Coordenação CMED-PAV Univasf, ao Vereador Marconi Daniel e ao Dep. Federal João Bacelar pela proposição da audiência pública com o Coordenador da Bancada Baiana no Congresso Nacional, Dep. Federal Marcelo Nilo para discussão da situação do HNAS! Precisamos do apoio maciço da bancada baiana e dos outros estados que fazem fronteira com Paulo Afonso (SE, AL e PE) para levarmos o pleito (de maneira ainda mais forte), de transformação do HNAS em Hospital Universitário aos altos escalões do Governo Federal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!