Luiz de Deus provoca aglomeração e coloca nos ombros do comércio a contaminação da Covid-19, diz Mário Galinho

Por ASSESSORIA | 11 de agosto de 2020 às 23:00




 

 

Por Mário Galinho (vereador e pré-candidato a prefeito de Paulo Afonso)

 

“A pandemia trouxe situações adversas para o mundo todo, principalmente no nosso cotidiano. Mas as cidades que trataram com pouca burocracia, rapidez e EFICIÊNCIA, as ações de prevenção, passando pela fase crítica de forma empática, tiveram mais êxito nos resultados. Aqui temos divergência nas decisões, decretos aleatórios sem comprovação de eficácia, além de seguimentos como os bares, restaurantes e o comércio em geral, que já poderiam estar reagindo, mas ainda sofrem com a falta de planejamento e transparência no que diz respeito às ações do município.”

 

Em vídeo gravado no centro comercial de Paulo Afonso, o pré-candidato a prefeito, Mário Galinho (SD), questiona as contradições da gestão Luiz de Deus (PSD), diz que provoca aglomerações e não cumpre o próprio decreto colocando sobre os ombros do comércio a contaminação da covid-19.

 

 




 



13 pensamentos em “Luiz de Deus provoca aglomeração e coloca nos ombros do comércio a contaminação da Covid-19, diz Mário Galinho”

  1. “Na guerra ao vírus a desinformação foi uma arma largamente utilizada. O pânico foi disseminado fazendo as pessoas acreditarem que só tinham um grave problema para enfrentar”, escreveu Bolsonaro.
    “Temos dois problemas que não podem ser dissociados: o vírus e o desemprego. Ambos devem ser tratados com responsabilidade. Mas se o remédio for demasiado o efeito colateral será muito mais desastroso”. escreveu Bolsonaro.
    #BolsonaroTemRazão

  2. Rapaz em todo luga no mundo foi feito o fechamento do comércio para que não houvesse proliferação do vírus, na minha opinião Luiz de Deus fez certo de ter fechado o comércio sim , por que é sufocante o trabalhado trabalha com medo é ainda com máscara no rosto 8 horas por dia sem para , o gorveno Bolsonaro liberou um verba extra pra ajuda as empresa embora a jornada foi reduzida , os supermecado era pra trabalha como delivry interno só faze entrega mas não foram explorados , todo politico pra mim é …não salvá num se quer mas Luiz fez um bom trabalho ele administrou mal na questões do óbitos que era pra te leito nessa cidade só isso mas eu sei que você é o sabidao da cocada…

  3. Quem se lembra de uma promotora aqui em paulo afonso pedindo para reabrir as portas do comércio? Acho que foi no mês de março ou abril, no início ainda, alegando que não tinha casos na cidade para essas restrições (só para constar). Depois de um tempo de quarentena com tudo fechado vieram outros, principalmente os comerciantes e empresários, COM CERTEZA MUITOS AMIGOS DE VEREADORES, pedindo para reabrir as portas, dizendo que não precisava disso, e isso o prefeito seguindo a risca as determinações da OMS. O Prefeito pode ter errado algumas vezes, mas tem mais gente errada nessa bocada aí. Só para lembrar também pessoal, TODOS OS VEREADORES APROVARAM O AUXÍLIO PARA OS MÚSICOS E ARTISTAS (desnecessário), INCLUINDO ESSE VEREADOR AÍ, talvez muitos deles amigos de vereadores. Desde o começo Luiz de Deus vem fazendo o certo, o problema é que está sofrendo pressões, apesar de conseguir algumas vezes determinar o que deve ser feito. Pois bem pessoal, ano eleitoral, vai ser assim até o dia da eleição, só chumbo grosso para derrubar o prefeito.

  4. O PREFEITO COM ESSAS ATITUDES DELE, ESTA AJUDANDO A FALIR O COMERCIO. O QUE EU VI NO JUÁ, FOI DE TAMANHA ERRESPONSABILIDADE. O ANILTON, ESTA FAZENDO A MESMA COISA. ANDA COM SUA TROPA DE CASA EM CASA. MUITA FALTA DE BOM SENSO. O POVO É BESTA, E AINDA VOTAM NELES.

  5. PREFEITO QUE NÃO AGUENTA PRESSÃO, NÃO TEM CONDIÇÕES DE SER PREFEITO. É IGUAL A UM PAI QUE FAZ TODOS OS GOSTOS DE UM FILHO DESOBEDIENTE. PERDE A MORAL. E O PIOR: O PREFEITO, TEM SIDO O PRIMEIRO A DAR MAL EXEMPLO.

  6. Galinho está certo. Se a aglomeração era a razão pra fechar o comércio, por que o prefeito vive fazendo aglomeração? E outra, Luiz de Deus publica um decreto e ele mesmo descumpre? Que hipocrisia é essa? Tem que ter é controle do fluxo e não restringir a oferta de serviços porque isso sim gera aglomeração.

  7. O cara passa 4 anos e não fez e não faz nada como vereador e agora para se eleger fica procurando defeito… Diz que tem cachorros nas ruas e não faz nada… Fica falando de aglomeração e não faz nada… Vereador… quer se eleger apontando os defeitos que ele mesmo não viu em 4 anos… Para de hipocresia “vereador”… Vai tirar os cachorros da rua e leva pra tua casa… Vc ganha bem pra não fazer nada… Cuide pelos dos cachorros.

  8. Boa noite amigos pauloafonsinos!

    Se um Vereador fiscaliza – função indubitavelmente caracterizadora do seu mister, é processado pela Prefeitura, por outro lado, se o Prefeito em pessoa promove a aglomeração de pessoas num estabelecimento do tipo BAR, aí nesse caso ninguém se manifesta – a mim parece uma incongruência, e a culpa é do povo, o candidato a reeleição vai usar das ferramentas que estiverem ao seu alcance, aliás como diria DILMA VANNA ROUSSEF, “ele está fazendo o diabo pra se reeleger.”

    Claramente ao promover a aglomeração no num BAR, o prefeito comete um crime , e em tempo, é contraditório, pois restringe o funcionamento dos bares e paga algumas latinhas de 51 para reunir pessoas em torno da sua presença. E só para ter a certeza de que a presença do senhor Prefeito foi determinante à aglomeração, estabeleçamos aqui um nexo de causalidade, e daí a pergunta: sem a presença do prefeito aquela aglomeração teria ocorrido??? Com a palavra o mestre ouvinte e os internautas do site, cada um tire suas próprias conclusões.

    Qualquer do povo pode propor uma ação no Ministério Público, mas o que se vê, são as pessoas fazendo a militância de internet e nenhuma ação concreta em protesto. Aliás, o mesmo que fizeram quando o senhor Anilton Bastos, no apagar das luzes do seu mandato, mandou para a Câmara, que à época era presidida pelo Vereador Marcondes, o Projeto Lei que propunha a elevação do salario do Prefeito ao teto do funcionalismo público e o povo de Paulo Afonso assistiu ao espetáculo dantesco sem um mísero grito de protesto.

    Vamos refletir, fiquem com Deus, inté, e só a verdade nos salvará!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.