Por

Ivone Lima PA4.COM.BR

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Pe. Celso Anunciação é cidadão pauloafonsino, honraria concebida pela Câmara Municipal, há dois anos. Vai embora para Alemanha e deixa 13 anos de convivência entre as comunidades rurais e a cidade, uma ação pastoral que se concentrou, sobretudo, no apoio às pessoas, em ouvir, aconselhar, afagar, cuidar e construir.

 

Pe. Celso na festa de São Francisco de Assis 2016.

Celso construiu muitas coisas, as visíveis e àquelas que ficam no coração. Para se medir sua preocupação, a última festa de São Francisco de Assis, padroeiro de Paulo Afonso, custou R$ 100 mil, sem um centavo do dinheiro público.

 

Foram 13 anos na Paróquia de São Francisco de Assis, 11 anos em Fátima-BA, e dois na Itália, ao todo 26 anos de santo ministério.

Diagnosticado com câncer há onze anos, Pe. Celso, como ele gosta de dizer, vai lutar pela vida,  e vai seguir, me recebeu em sua casa, nesta segunda-feira (23), enquanto organiza suas malas, livros etc,. e conversou sobre sua preocupação com a doença, novas possibilidades de tratamento e mandou mensagem aos pauloafonsinos: ‘Cristo nos uniu’.

 

Cumpre sua agenda com celebrações na área rural, e separou o próximo dia 19, para suas missas de despedida, pela manhã, às 7 horas na paróquia de São Francisco e à noite, às 19 horas, na comunidade de São Lourenço, no BNH. Leiam a entrevista de Pe. Celso na íntegra, abaixo:

 

Primeira Eucaristia de um adolescente do povoado Caldeirão, área rural de Paulo Afonso-BA.

 Em que momento o senhor decidiu que realmente precisaria ir embora e optou pela Alemanha?

Eu tenho um problema de saúde, e há três anos eu fiz uma cirurgia no pulmão e desde esse período eu já havia falado com dom Guido sobre a possibilidade de rever o trabalho da paróquia, São Francisco é uma paróquia muito grande, são 28 comunidades rurais e agora três comunidades na sede, e eu sempre pensei nisso numa forma de organizar melhor o trabalho, tentei algumas vezes com alguns padres, porém, essas tentativas precisariam de um trabalho melhor da diocese, que não teve. Eu já tinha comunicado a ele que precisa, bem como esperava outra proposta de trabalho em outros locais, foi pensado uma proposta em Paripiranga (paróquia de Nossa Senhora do Patrocínio), mas também lá não amadureceu a ideia, e a gente fica assim sem proposta, né, então eu tive que pensar na minha vida de uma forma que eu possa cuidar da minha saúde, e que eu possa fazer também uma experiência pastoral. Pois aqui está crescendo o trabalho e analisando estes fatores eu achei que o mais prudente seria deixar por um tempo aqui a diocese.

 

O senhor promovia palestras com pessoas que têm câncer, falava da importância de se fazer o tratamento o mais rápido possível e, de certa forma, lhes dava conforto para conviver com a doença, como está sua vida, depois de 11 anos tratando sua doença?

Agora eu preciso de um tratamento específico porque tenho nódulos no pulmão, e eles podem crescer, então preciso conter, mas não com cirurgias, e aqui em Salvador o que eles podem fazer são cirurgias, e essas cirurgias deixam sequelas, você fica limitado, terei uma vida muito reduzida, vou tentar um tratamento que não seja com cirurgias, eu agora vou tentar com agulhas que fazem de forma localizado em cada tumor, não é tão agressivo. O câncer é uma doença que se você enfrentar existem possibilidades, muitas pessoas quando descobrem se assustam, mas ao começar o tratamento vem as possibilidades. De dois anos para cá, eu passei a falar muito com as pessoas – antes eu não falava, mas passei a falar com esse sentido, e olhar para Jesus Cristo que enfrentou à vida até o fim. Então é isso, precisa enfrentar sempre.

 

Muitas vezes padre, além da doença, vem os problemas de família, o sistema de saúde que não dá conta, como foi a descoberta no seu caso?

É porque um câncer quando doí já tem uns dez anos, já se enraizou, então o meu começou a aparecer numa parte exterior – fazendo a barba percebi um nódulo na garganta, senti uma bolinha, fizeram a cirurgia e descobriram, então eu tive a sorte de descobrir a partir de um elemento externo, enfrento. Às famílias que padecem, eu digo sempre: ‘Cristo teve a Cruz, todos nós temos a nossa, vamos oferecer nosso sofrimento a Deus, sem medo’.

 

Isto à parte, o senhor tocou o serviço pastoral, sempre com festas grandiosas, bem como seu trabalho cotidiano nas comunidades, como se a doença não fosse seu limite.

Não é. Não podemos colocar limites, sem falar nas pessoas maravilhosas que encontrei, aqui em Paulo Afonso temos pessoas maravilhosas nas comunidades rurais, encontrei aqui na cidade pessoas carinhosas que me deram um estímulo muito grande, eu gosto do sertão, do rio São Francisco, acho que nós temos aqui riquezas que estimulam para a vida, e para a gente partilhar o sentido da vida, além da palavra de Deus que é a fonte para enfrentarmos tudo.

 

Toda despedida é triste, qualquer que seja o motivo, mas aí vem o próximo pároco – é ansiedade de todos e acredito que sua-, nesse sentido, qual é a sua expectativa tanto pelo trabalho do que irá lhe substituir e também a acolhida do povo?

Olha, minha expectativa é essa: que seja uma pessoa que olhe como é a vida aqui no sertão, que olhe a necessidade das comunidades, o que as pessoas necessitam, o que a Igreja agora necessita, eu não penso que tenha que continuar o que eu fiz, cada um faz o que é possível, eu tenho tantos limites, tantas coisas eu não conseguir fazer. Mas eu penso sempre isso, que Jesus passou parte da vida dele olhando o que o povo necessitava, eu acho que é aí que a gente acerta. O que as pessoas necessitam?, o povo da roça, das comunidades?, da cidade e de Paulo Afonso, a gente acerta quando escolhemos pelo outro e não por nós, eu penso assim e eu espero que continue a vida com a mesma vitalidade, que construam coisas.

 

Bom, o senhor disse que fala algumas coisas em alemão, então como está a adaptação?

Já havia viajado, um lugar diferente. Não sei o tempo que vou ficar lá, nem sei como vai ser, mas já fiz algumas visitas, já tive um tempo lá, também me foi oferecido um trabalho lá para eu produzir textos como os da campanha da Fraternidade que já fizemos aqui, para a Advento, o mês da bíblia, coisas que eu gosto de fazer… E é isso.

 

Agora, padre escritor, desejo sorte e sucesso, que dê tudo certo e continue assim, se quiser dizer mais alguma coisa, pois esse povo vai chorar muito (risos).

Eu quero dizer ao povo de Paulo Afonso que o amor de Cristo nos uniu, acima de tudo o amor de Cristo nos uniu, Paulo Afonso é uma cidade interessante porque dom Mário sempre queria que eu viesse para cá, tínhamos uma amizade muito grande, uma proximidade muito grande, vim com dom Esmeraldo, e acho que o pensamento de dom Mário se realizou, porque encontrei pessoas muito interessantes, mas eu preciso me recolher agora, e por isso eu preciso ir. Deixo um abraço muito grande com a certeza que Cristo nos uniu e a vida vai continuar, a gente tem que lutar por ela, a vitória é a gente lutar sempre, unidos e unidos por Jesus Cristo.

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

39 respostas

    1. Uma pessoa maravilhosa que pouco tempo conhece .Mais tenho certeza que Deus vai fazer o melhor pra te .vai deixa muitas saudades .mesmo eu estando aqui em sao paulo fiquei triste por deixa a nossa comunidade .Mais é pra sua saúde temos que aceita obrigado por tudo padre celso.

  1. Que Deus abençoe vc Celso e que encontre sua saúde. Sei que vai fazer muita falta mais como vc mesmo falou tamos Unidos em Cristo. Vai em paz (saudades )até breve

  2. Nossa fiquei emocionado, com a noticia ! tive o previlegio de conhecer o trabalho de padre celso na zona rural no povoado varzea e santo Antonio, quando fui pintar a igreja e faleceu dona Rita,então eu percebi o carisma do padre celso. de uma maneira tão generosa que não tenho palavras para explicar desejo boa viagem saúde e tenho a certeza que o senhor jesus vai estar com o padre

  3. Vai
    Com Deus vai deixar saudades. E lição crista. Que o senhor tinha sempre. O prazer e alegria. De ensinar e dividir o conhecimento das palavras DEUS

  4. Mais que um padre, um professor, um psicologo e conselheiro sempre disposto a ouvir, aconselhar e dar alento e sentido a vida daqueles que o procuravam.
    Obrigado por tudo e como vc mesmo dizia: va em paz, carregando sua cruz. Que Deus o abençoe e de luz a sua vida e o seu caminho!!!

    curavam

  5. Pessoa linda, alma pura, dedicada, sem palavras..Deus o proteja hoje e sempre, com sua proteção irá vencer os obstáculos e continuar evangelizando. Segura na mão de Deus e vá. ……….abs

  6. Nossa cidade está perdendo um grade homens, nossa paróquia está perdendo um pessoa que tem Fé,humildade de uma carisma imensa Deus vai guia o senhor padre Celso onde estiver seu espaço está reservada em meu coração hoje e sempre

  7. Padre Celso, um homem abençoado que com seu jeito simples e acolhedor nos mostrou a palavra de Deus na sua mais bela essência, nos ensinou a amar e nos apresentou Jesus e Maria de uma forma singular, fazendo com que nossos corações transbordassem ainda mais do amor do Pai. Padre que nosso bom Deus te dê sempre muita força para lutar e te permaneça firme, como a rocha… nunca iremos esquecer de seu legado. Já estamos com saudades…

  8. Pe. Celso deixará um grande vazio na vida dos Paulafonsinos; exemplo de amor, esperanças, generosidade e acima de tudo caridade e respeito aos seus semelhantes. Sabemos que para Deus nada é impossível! Continuarei pedindo a Jesus e Nossa Mãe da Saúde pela sua recuperação e volta para Paulo Afonso, onde deixará saudades.

    1. Que Jesus te acompanhe Pe Celso. Com certeza sentiremos saudades, más, se é para tratar de sua saúde, que Jesus ilumine sua vida e lhe dê a saúde. Deus está no controle de tudo. Foco, força e fé. Deixará um grande vazio na vida dos paulafonsinos… Padre Celso, tu és e sempre será esse ser maravilhoso inspirado por Deus. Entrega tua vida e teus problemas, fale com Deus, ele é amor e não te deixará sofrer. Lembro como se fosse hj, quando celebrou meu casamento. A paróquia são Francisco de Assis é a sua história, pelo tempo de convivência. Saudades Pe.Celso. estamos orando pela sua saúde. Já deu tudo certo, aguardamos sua volta em nome de Jesus.

  9. As vezes que Pe Celso aqui celebrou, ( CANUDOS), passou para a Comunidade, exemplo de muita fé.
    Amo as homilias dele.
    Deus o acompanhe e recupere a saúde.

  10. Dilma [email protected]
    As vezes que tivemos a graça de ter Pe Celso como celebrante na nossa Comunidade (CANUDOS) percebemos o exemplo de fé que esse pároco nos transmite.
    Deus o acompanhe Pe Celso, que Maria mãe de Deus e nossa, devolva a sua saúde, para continuar evangelizando com amor como faz até então.
    Deus o acompanhe.

  11. eu angela e o meu esposo Armando somos do povoado vila matias estamos profundamente tristes cm a partida de Padre. celso e ao mesmo tempo felizes pq cm ele mesmo falou esta indo pra lutar pela vida ,isso nos fortalece pq e uma forma que ele tem de nos ensinar , que desistir jamais , tivemos o prazer de ver ele renovar nossos votos por varios anos , meus filhos receberam o sacramento do matrimonio pelas maos dele , ele fez muito pela nossa comunidade vila matias se hoje temos uma igreja foi pq ele lutou e fez a nossa comunidade lutar junto cm ele ,Padre. Celço muito obrigada por tudo somos gratos a Deus e ao senhor pelo tempo que passou conosco e por tudo que fez tenha certeza que o que o senhor deixou pra todos nos foi um aprendizado muito grande e um amor maior em tudo e pelos irmaos OBRIGADA nos do povoado vila matias AMAMOS MUITO O SENHOR e estamos em Oraçao pra que DEUS lhe fortaleça mais ainda nessa sua nova caminhada jamais o esqueceremos um abraço Angela,Armando ,familia e toda a comunidade da VILA MATIAS

  12. Pe.Celso e Dom Mário ,foi uma bênção na vida dos Paulafonsinos .irá deixar muitas lembranças boas e enrriquecidas com seus ensinamentos. Va e volte, com Jesus e Maria! !!

  13. Sentiremos saudades, mas confiantes que o nosso Senhor Jesus Cristo vai dar a cura a pé Celso, eu creio e espero no Senhor. Vai com Deus e a nossa Mãe Querida. Nós somos unidos em Jesus Cristo.

  14. Esse Homem de Deus tem o dom da palavra!! Forte, corajoso, fiel a Deus. Celebrou meu casamento com tanto amor e verdade em suas palavras que nos emocionou!! Jesus abençoe sua nova tragetoria e lhe conceda a cura tão almejada!!!

  15. Falar desse homem, é fácil, difícil e expor todas as suas qualidades como pessoa . Conheci Padre Celso em um encontro de comunicadores quando tinha meus12 anos. Onde ele era um dos organizadores do
    encontro. Hoje tenho 30 anos já. A ele devemos muito, nós que moramos na área rural de Paulo Afonso. Sou uma das moradora do povoado Barrinha. Tive a honra de revê-lo faz um ano. Ele foi fazer uma despedida de minha mãe. Quando ela faleceu. Hoje guardo com muito carinho suas palavras de conforto. Minha mãe gostava muito dele, ele ajudou o povoado a ter uma Igreja sem ajuda de meios político. Trabalhou muito com sua força de vontade, ele mudou muitos corações duro, mostrandossempre que as coisas se resolve através do amor é fraternidade. Desejo do fundo do meu coração que assim como ele foi um homem guerreiro nessa caminhada durante esses anos. Seja forte sempre é que Deus dê sua cura. É que ele possa voltar pra encher nossos corações de muita alegria. Um abraço em nome de todos do Povoado Barrinha.

  16. Tive o privilégio de ser mais um que o amor de Cristo uniu ao Padre Celso. Graças a Deus que reino de Cristo não é deste mundo.
    A Sua paz seja sempre com um padre que, como Dom Mário, soube conquistar os pauloafonsinos. F.Nery Jr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.