Por

[email protected] (www.pa4.com.br) com Por Voz da Bahia

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

06523d8c-00cb-4c15-a538-dbb6b28d5c85Ítalo Gonçalves Conceição foi preso, suspeito de participar de um esquema de venda de celulares roubados, junto com um comparsa na capital baiana. Com eles, os policiais recuperaram dois celulares, roubados por Ítalo poucas horas antes, de duas passageiras de um coletivo, no bairro de Piatã, na capital baiana.

 

De acordo com a polícia, usando uma faca do tipo peixeira, Ítalo abordou as vítimas e subtraiu os aparelhos, que seriam revendidos por Fabiano. O suspeito e as vítimas foram encaminhados para o Gerc (Grupo Especial de Repressão à Roubos em Coletivos), onde ele chegou a dar uma palhinha de da música. — Ôh, me libera nega, deixa eu te amar. Ôh, me libera nega, novinha vou te sentir… Ainda dentro da viatura, o jovem contou que tinha fumado maconha e pediu uma chance para gravar a música que ele compôs. — Eu tô querendo uma oportunidade aí, se vocês puder dar uma oportunidade pra eu gravar essa música, que é uma música bonita, que vocês dessem uma atenção, esquecendo meu erro, desse uma atenção a minha música. Após sair da prisão, o jovem compartilhou o vídeo nas redes sociais e pediu desculpas pelo ato.

 

Muita gente deu força para que Ítalo realizasse o sonho como foi o caso de Márcio Victor, do Psirico, e o compositor Filipe Escandurras, que adaptaram a sua música. Assim, “Me Libera Nega” virou hit e várias pessoas já estão cantando a música, que promete “bombar” no verão de Salvador.

 

Vários artistas e jogadores de futebol já estão cantando o sucesso de MC Beijinho como Simone e Simaria, Rick Ralley, os jogadores Kanu, Marinho e Caique e até Cláudia Leitte. Na internet, várias pessoas já divulgaram vídeos cantando “Me Libera, Nega”. Após o sucesso instantâneo, Ítalo resolveu se internar em uma casa de recuperação para dar continuidade a carreira.

 

Assista:

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Uma resposta

  1. Isso mostra o tipo de SOCIEDADE que somos aqui no Brasil. UMA VERGONHA, artistas levando a música de um MARGINAL que não pensa 2 vezes para tirar a vida de um PAI ou uma MÃE de família com uma música chula dessa. A VERGONHA É GERAL !!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.