16 de janeiro de 2022

Forró é declarado patrimônio cultural e imaterial do Brasil pelo Iphan

Por

Redação (pa4.com.br) com g1

 

BRASÍLIA — O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) decidiu declarar o forró um patrimônio cultural e imaterial do Brasil. A decisão acontece a quatro dias do Dia do Forró, 13 de dezembro, data em que o gênero musical é celebrado e dia do nascimento de Luiz Gonzaga, em 1912.
Em vídeo publicado nas suas redes sociais, o ministro do Turismo, Gilson Machado, comemorou a definição. Machado, que também toca sanfona, gravou ao lado do presidente Bolsonaro.

— O forró acaba de ser decretado patrimônio cultural e imaterial do Brasil pelo conselho do Iphan. Um pleito de mais de 30 anos dos artistas nordestinos. Parabéns a todos e em especial ao Nordeste — afirmou.

Segundo Gilson, na próxima segunda-feira, Dia do Forró, está prevista uma cerimônia no Palácio do Planalto sobre o tema.

Na decisão do Iphan, o forró foi considerado um “supergênero”, por também agrupar outras expressões musicais típicas, como o baião, o xote e o xaxado. A solicitação para transformar o forró em patrimônio cultural e imaterial foi apresentada em 2011 pela Associação balaio do Nordeste e pelo Fórum Forró de Raiz da Paraíba e apoio de 423 artistas por meio de um abaixo-assinado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!