26 de setembro de 2021

Evinha rebate prefeitura sobre contrato de Coffe Break: “Não se trata de ilegalidade, mas do momento difícil que vivemos”

Por

Assessoria de Comunicação

 

PAULO AFONSO – A vereadora Evinha Oliveira (Solidariedade) concedeu entrevista à Rádio Angiquinho FM, e comentou a nota da prefeitura de Paulo Afonso em resposta à sua live em que a parlamentar se diz revoltada com o contrato feito pela gestão prevendo gastos de R$ 329.500 com Coffe Break para a pasta de Educação.

Na live Evinha lembrou o recente decreto assinado pelo prefeito Luiz de Deus (PSD), em que determina o enxugamento de despesas e, principalmente, o corte de gratificações e horas extras, também de férias em razão, segundo argumenta a prefeitura, de uma profunda crise financeira.

A vereadora viu na compra uma gritante incoerência se for considerado também o atraso no pagamento de fornecedores, de empresários e até mesmo dos pipeiros que alegam terem recebido o último saldo em maio.

A prefeitura reagiu com nota divulgada na mesma emissora, e disse não haver ilegalidade na compra: “A referida contratação é realizada comumente na administração pública objetivando a disponibilidade do serviço tendo em vista a volta as aulas e os eventos ofertados aos servidores, cumpre esclarecer que o valor estimado da licitação toma como base o valor global e somente sendo pago mediante a prestação do serviço.”

Evinha respondeu: “Ainda que seja uma prática, precisamos olhar o período em que estamos vivendo. Muitos pais de família perderam o emprego – vivem com muito menos do que viviam ou quase nada; pode até não ser ilegal, mas nesse momento que vivemos é imoral. Também não justifica que “não vai usar”, se você contrata é porque tem interesse de usar aquilo, e são 329,500 mil disponível para coffe break, para funcionários que recebem seu salário e tenho plena convicção que fariam seu trabalho sem demérito nenhum se não tivesse o lanche.”

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 1

  1. francisco j says:

    A vereadora tem razão e está fazendo o seu papel de fiscalizar, o que os vereadores de situação não fazem. A Prefeitura tendo a frente Luiz de Deus que ganha o maior salario entre todos os prefeitos do Brasil, nunca foi transparente e quando não tem respostas para seus atos fica dando respostas evasivas desviando do ponto central do problema. Uma pena esse final de vida politica de Luiz, melancolico, obscuro sem transparência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!