Por

[email protected] (www.pa4.com.br)

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

15151351_1052889201488191_779820559_n

 

O empresário ‘Jean Produções’ de Paulo Afonso – BA está sendo acusado de aplicar mais um golpe em Delmiro Gouveia. O empresário no ramo de shows teria organizado uma festa denominada ‘Arena Prime’ que seria realizada sábado passado com o cantor alagoano, Diego Galã, porém na última hora o empresário não cumpriu o acordo e a banda não se apresentou, segundo nota acima.

 

O evento seria realizado no Bellos Bar, por meio de uma nota, a proprietária de nome Aline, explicou que o show seria realizado pelo empresário e que o bar só iria entrar com a parte da bebida, alimentação e local. Foi informado também que os proprietários do Bar ainda tentaram fazer com que a banda se apresentasse, mas o empresário não quis acordo. A nota ainda informa que vários eventos já foram realizados e que nunca aconteceu uma caso como esse.

 

Em contato por telefone com a reportagem do Radar 89, Galã disse não querer falar sobre o assunto, mas afirmou que o motivo de não realizar o show foi falta de pagamento.

 

A reportagem tentou manter contato com Jean, mas o seu telefone estava desligado.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

14 respostas

  1. Esse Jean é um …., … E …., ….para quase Paulo Afonso toda e agora está aplicando golpes na região.
    Tenho processo contra ele por falta de pagamento por serviços prestados e também por …. a própria …. em cheques.
    A justiça infelizmente não pune de força branda …. assim, pois ele se diz impossibilitado de pagar.

  2. GOLPISTA!NÃO É O PRIMEIRO NEM O ULTIMO SHOW QUE ESSE CIDADÃO APLICA ESSE GOLPE! SE PESQUISAREM , FORAM VÁRIOS EM PAULO AFONSO! AINDA NÃO CUMPRE O PAGAMENTO DE SEUS COLABORADORES…LAMENTÁVEL ESTE FATO!

  3. Culpa da casa comercial que sabe dos procedimentos deste cara é ainda cede espaço para o msm. CORRETO É NÃO IRMOS MAIS AS FESTAS QUE O MESMO ORGANIZAR E NAO FREQUENTARMOS MAIS ESTE LOCAL. AFINAL, FOI TUDO COMBINADO.

  4. Conforme o Art. 34 (CDC – Código de Defesa do Consumidor). ART. 34. O fornecedor do produto ou serviço é solidariamente responsável pelos atos de seus prepostos ou representantes autônomos. Art. 14. O fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua função e riscos. A Sra. Aline, falou ontem numa rádio aqui de Delmiro. Que tinha conhecimento das práticas deste Jean, mas, não colocou dinheiro da venda dos ingressos na mão dele. Então ela tinha conhecimento que poderia acontecer!

    1. Concordo, ela estava de conluio com este 171…No mínimo deveria devolver o dinheiro referente a venda dos ingressos ou contratar outra atração do mesmo porte….Sem cobrar ingresso!!! mostrar boa fé.

  5. É normal as pessoas já sabem que o show dele é fantasma.so o dinheiro que ele recebe é real, depois ele aparece e dica tudo normal.ele tem que ser preso,ainda chamam esse cara de empresário, um cara roubar uma galinha e vai preso esse cara roubar uma população depois aparecendo postando belas mensagens no face e fica assim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.