31 de julho de 2021

Em vez de reforma do HNAS, hospital universitário poderá ser construído no campus da Univasf

Por

Redação / Informações PMPA

 

Em visita a Paulo Afonso, o reitor da Universidade Federal do São Francisco, Paulo Fagundes, participou de mais uma da audiência com o prefeito Luiz de Deus para alinhar sobre as tratativas em relação ao Hospital Nair Alves de Souza (HNAS). Na ocasião, estiveram presentes o Procurador Municipal Igor Montalvão, o secretário de Articulação Governamental, Dernival Oliveira, o administrador do BTN, Luiz Humberto e a professora do curso de Medicina Univasf, Diana.

Durante a conversa, o reitor sinalizou sobre a importância de trabalhar em parceria com a gestão municipal. “Estamos trabalhando em parceria com a Prefeitura, em conjunto, para ajudar a melhorar a saúde da população e priorizar a parte de ensino, pesquisa e extensão da Universidade”. Para Paulo, esses acordos estão sendo construídos com a gestão, o Governo do Estado e Governo Federal para solucionar o mais breve possível a situação do HNAS.

Reforma do HNAS ou novo hospital na Univasf?

O procurador Igor Montalvão falou sobre o possível projeto de construção de um hospital universitário no campus da Univasf. “O reitor Paulo trouxe a proposta para discutirmos a melhor opção, se é pela reforma do HNAS, uma nova adequação do Hospital Municipal de Paulo Afonso ou a construção de uma nova unidade hospitalar no campus da Univasf. Essas são algumas ideias discutidas na audiência de hoje, que posteriormente serão levadas à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, atual responsável pela elaboração de projetos de reforma ou construção de novos hospitais, para assim chegarmos a uma decisão definitiva”, explica.

45 milhões

Em trâmite judicial, a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) depositou o valor de R$ 45 milhões para a reforma da unidade hospital e consequentemente torná-lo um hospital universitário. Ainda segundo Montalvão, a previsão que nos próximos dias seja realizado uma reunião com a equipe técnica responsável pelas instalações hospitalares do Governo do Estado, podendo dar sugestões sobre a área e a situação estrutural do prédio do HNAS.

 

 

“É de conhecimento que a estrutura do HNAS é antiga, em média uns 50 anos. Às vezes, de acordo com a análise técnica, é muito mais caro realizar uma reforma na estrutura antiga do que a construção de uma nova unidade hospitalar. Hoje, o Estado com sua expertise vem entregando diversos hospitais com planta e valores atuais ao mercado, o que vai ajudar na decisão a ser tomada”, reforça o procurador.

Diante do que foi exposto, o secretário Val Oliveira frisou sobre a importância do encontro e o alinhamento de algumas ações. “O próximo passo é agendar uma audiência com o governador Rui Costa com a participação do prefeito Luiz de Deus e da Univasf. Acredita-se que com a inauguração do prédio da Univasf no Sal Torrado, e a possível vinda do presidente da República, do presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, o governo federal possa bater o martelo para que a rede Ebserh inicie a administração definitiva do HNAS”, explana.

 

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 9

  1. concursado lesado 2009 says:

    Aprovado por mim….
    Novo hospital universitário já!!!!!!!!!!

  2. Sydney Leão (Coordenador CMED-PAV Univasf) says:

    Prezado Ozildo Alves e demais editores do site PA4, bom dia:
    Só para constar, que como coordenador do CMED-PAV e um dos membros da comissão interna de transição do HNAS, não fui convidado a participar dessa reunião. De qualquer forma, a nossa luta, como docente e coordenador de colegiado sempre foi a mesma: Transformação do HNAS em Hospital Universitário.

  3. Carlos Lantyer says:

    Temos que agradecer, ao Governo Federal e também, ao nosso Presidente. É questão de meritocracia. O Governo Bolsonaro, está sendo muito bom para Paulo Afonso. Já está construindo a faculdade de medicina da UNIVASF e agora, vem o hospital universitário. Moro no bairro centenário e estou muito satisfeito, com as ações do Governo Federal. Os esquerdinhas, vão ficar com uma raiva danada. Um bando de ingratos, que toda hora, ficam mentindo e difamando, nosso Presidente. Ora bolas, vão para Cuba ou então, para a Coreia do Norte. Eu recomendo que é melhor aceitar, nosso Presidente, por quê assim dói menos.
    BRASIL, ACIMA DE TUDO E DEUS, ACIMA DE TODOS.

  4. tem que falar says:

    Acho melhor bem melhor o hospital universitário ser construído no campus da Univasf, por que o hospital fica, ( onde deveria sempre ser) de responsabilidade e prioridade da prefeitura.

  5. Maria says:

    Concordo plenamente e o governo federal está de parabéns por essa iniciativa de investir em um hospital universitário em nossa cidade para se somar aos já existentes e a prefeitura/estado deixem de desculpas e assumam o Nair pois, dinheiro para isso não falta, o povo só tem a ganhar.

  6. Roberta says:

    Quem entende de reforma sabe que na maioria das vezes é melhor construir algo novo do que reformar um projeto velho como nesse caso, onde o governo federal teve uma decisão acertada e, quanto ao Nair a prefeitura ou o estado possuem verba para assumir

  7. francisco j says:

    Prof. Leão me desculpe mas depois que ouvi na Radio Angiquinho uma declaração do reitor da UNIVASF a qual o senhor também ouviu e fez alguns comentarios o professor ficou desacreditado nessa questão do NAIR, haja vista que nem foi convidado para essa reunião da reportagem conforme o senho declara e eu acho uma grande falta de consideração, como já disse em outro comentário o grupo do prefeito Luiz tem outros objetivos para o NAIR, o prefeito faz o que quer não da satisfação nem pra JUSTIÇA, MPF, OAB, VEREADORES, GOVERNO ESTADUAL ETC. pelos acontecimentos essa entidade vai ser supostamente sucateada e vendida a preço de banana se tornando um hospital particular.

  8. francisco j says:

    PROF. Sydiney Leão aqui em Paulo Afonso quando alguém começa a atrapalhar o gestor municipal ele ou é transferido, ou não é convidado pra nada, ou é demitido temos como alguns exemplos : o comandante da PM Carlos Alberto conhecido como cachorão, a presidente do conselho municipal de saúde, e agora o senhor, uns tranferidos outros não são convidados pra nada, outros escanteados, etc. Uma pena que aconteça isso com pessoas que querem colaborar com a população e o municipio.

  9. Sydney Leão (Coordenador CMED-PAV Univasf) says:

    Prezado Sr. Francisco, a nossa luta como servidor publico federal concursado (professor universitário federal) e atualmente estando coordenador do CMED-PAV, é pela consolidação definitiva do nosso curso de medicina da Univasf Campus Paulo Afonso. Em 1 ano e 9 meses de gestão à frente do colegiado, conseguimos (em colaboração com todos os servidores e funcionários terceirizados e os discentes) o começo das atividades do internato, implementação do novo PPC do curso, aprovação do regimento interno do internato, contratação de 1 docente substituto e 3 docentes voluntárias. Bem como, tivemos a colação de grau das duas primeiras turmas do nosso curso médico, ofertando quase 60 médicos com formação de excelência a sociedade pauloafonsina, baiana e do Brasil (Somos o 2o melhor curso médico do estado da Bahia, conforme resultado do último ENADE). Esperamos, ainda, até o mês de outubro, ver o nosso Campus definitivo, no bairro Sal Torrado inaugurado e um dia, vermos o HNAS transformado em Hospital Universitário. Mesmo vivenciando o cenário de pandemia, e diante de uma reitoria pro tempore (temporária) no âmbito da nossa Universidade, essa coordenação vem trabalhando de maneira incansável, firme e honesta pelos nossos objetivos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!