Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

capa11-373x258Segundo explicou Edivaldo, os ensinamentos do Papa João Paulo II influenciaram bastante sua decisão, de também escrever sua história que é um testemunho de como se encontrou para uma vida nova através da Igreja:

“Disse o Papa: o mundo não precisa de mestre, o mundo precisa de testemunhos, foi quando eu comecei a preparar o que resultou neste livro”.

“>

 

Edivaldo é jeremoabense, e veio para Paulo Afonso muito jovem quando passou num concurso da Chesf. Toda sua trajetória está registrada no livro que por isso mesmo proporcionou um resgate da história familiar: encontros e desencontros:

 

“Dom Guido fez o prefácio e para mim hoje é maior meu compromisso com Deus e com os irmãos. Nasci em Jeremoabo, e no livro eu conto muito da minha relação com minha mãe”, revelou.

 

Edivaldo felizmente é uma pessoa muito presente na Igreja, amigo e colaborador e um dos objetivos do livro é reverter sua renda para construir a capela de Nossa Senhora da Conceição:

 

“Na Rua Padre Cícero existe lá a comunidade, numa casa alugada, e com a graça de Deus nós pretendemos construir esta capela no próximo ano com a ajuda também da venda deste livro que custa R$ 15 reais. A comunidade completará 10 anos” informou Edivaldo.

 

O livro está sendo vendido nas secretarias da Catedral, Igreja de São Francisco de Assis e de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. “O propósito inicial é divulgar nas igrejas, depois pode sim ir para as livrarias.”

 

O senhor é pé quente, como vão as vendas?

 

Graças a Deus vão bem, tenho me surpreendido, até porque nós não fizemos propaganda, quem compra é quem vai fazendo no boca a boca. Quero inclusive agradecer as muitas mensagens que tenho recebido. A finalidade é esta mesmo: tocar os corações. O livro já chegou em algumas capitais como São Paulo, Recife e Aracaju, e vai longe porque não é uma obra minha e sim do Espírito Santo.

 

Há também nisto a satisfação em ajudar a construir a capela porque compra o livro, além de saber da sua história de vida.

 

Sim, inclusive como estamos em festa pelos 10 anos, temos a camisa com a estampa “Eu ajudei a construir a capela de Nossa Senhora da Conceição, na Rua Padre Cícero”, tenho certeza que o povo vai abraçar essa causa porque não há existe aqui o objetivo de ganhar nada, toda renda será doada para a construção da capela.

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.