Por

[email protected] (www.pa4.com.br)

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Polícia Militar prendeu no centro de Paulo Afonso, na noite de ontem (23/12), uma dupla acusada de praticar roubos de celulares em diferentes pontos da cidade. Oito aparelhos (três celulares LG, quatro celulares Samsung e um celular Sony); uma bolsa com equipamentos de enfermagem e uma bolsa térmica com seis latinhas de cerveja Itaipava.

 

15696796_1083506948426416_2064841374_o

 

Uma motocicleta de 50cc e um revólver calibre 32 com seis munições intactas utilizados nas ações criminosas também foram removidos para a Delegacia de Polícia.

 

De acordo com o registro de ocorrência foram geradas várias ocorrências informando dos roubos efetuados pelos mesmos indivíduos identificados como Edmilson Manoel da Silva,21 anos, vulgo “Dindinho” residente na Rua Manoel José da Silva, BTN III e Wellington Silva dos Santos, morador da Rua Belmont, também no BTN III.

 

15722581_1083506951759749_294298585_n

 

De posse de uma aram de fogo e uma motocicleta os acusados abordaram as vítimas em diferentes pontos do centro de Paulo Afonso, inclusive a Getúlio Vargas e São Francisco.

 

Pelo menos quatro vítimas acionaram a Polícia Militar que mediante as informações o GTM (Grupo Tático Móvel) avistou e interceptou os assaltantes na ponte de acesso ao BTN quando já estavam se evadindo com os produtos dos roubos.

 

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão, sendo a dupla encaminhada à Delegacia de Plantão da Polícia Civil.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

14 respostas

  1. Esses elementos não tem jeito mesmo, pow malandragem vocês já não tem o BOLSA FAMÍLIA, deixa a população quieta pow !!!!!!!

  2. NO CENTRO SÓ TEM SANTO!!!!!! VAI VENDO O POVO SÓ JOGAS AS PORCARIAS PRA O BTN ,MAS SAIBAM QUE PAULO AFONSO COMPLETO ESTÁ CHEIO DE PESSOAS DE MÁ ÍNDOLE…..

  3. Eu ia ser assaltado por esses dois indivíduos, fiz o que não é recomendado fazer em um assalto, eu corri. Junto com 4 pessoas, corremos para a praça do acarajé e acionamos a polícia imediatamente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.