Dr. Neto: “A enfermagem merece mais que aplausos: merece respeito!”

Por COMERCIAL - PA4.COM.BR | 15 de Maio de 2020 às 0:20




 

Dia 12 é celebrado o Dia Internacional da Enfermagem, até o dia 20 deste mês comemora-se também a semana da enfermagem e no último dia de maio é o Dia Nacional do Técnico e Auxiliar de Enfermagem, os profissionais não veem muito o que comemorar, pois o medo tem sido um sentimento constante a cada plantão, além da sensação é da insegurança de levar risco do vírus para dentro de casa.

 

A gravidade deste cenário e o descaso do Presidente Bolsonaro com o setor da Saúde podem ser flagrados ao longo destes meses, onde muitos profissionais têm tombado pela doença por falta de apoio do Governo Federal em garantir o mínimo de proteção e cuidado durante a crise sanitária. 

 

Só o amor pela profissão que os fazem sair de casa para trabalhar, estas pessoas merecem nosso reconhecimento máximo por enfrentarem de peito aberto o inimigo invisível.  Estes profissionais precisam do apoio do Estado na garantia de condições de trabalho, materiais de proteção e apoio psicológico. 

 

É importante que haja uma mobilização da classe e da população para cobrar dos serviços de saúde a valorização que tanto merecem. Reconhecer o profissional que acompanha a população desde seu nascimento, passando por diversos momentos marcantes de sua vida, até seus últimos dias é um ato de amor e gratidão.

 

Devemos valorizar não somente durante a pandemia, mas também depois, garantindo a suas carreiras a justas remunerações e jornadas de trabalho adequada e qualificações permanentes. Parabéns a todas e todos e muita força nesses tempos tão difíceis. Estamos juntos na defesa da vida. Dos pacientes e de vocês. Força!

 

Dr. Neto.

Advogado e pré-candidato, a prefeito de Paulo Afonso.

3 pensamentos em “Dr. Neto: “A enfermagem merece mais que aplausos: merece respeito!””

  1. DR NETO, CONCORDO PLENAMENTE COM O SENHOR. O PIOR É QUE O CHEFE DELES É O OPRESSOR GUIARONE. ELE É QUEM DEVERIA FAZER ESSES ELOGIOS. TRABALHO NA AREA DE SAÚDE DA PREFEITURA, E MUITOS PRIVILEGIADOS GANHARAM HORAS EXTRAS NAS BARREIRAS, ENQUANTO QUE OUTROS NÃO. ATÉ ISSO ACONTECE AQUI. A SAFADEZA É GRANDE, DÃO HORAS EXTRAS A QUEM ELES QUEREM. TUDO ISSO, PORQUE ESTAMOS SEM COMANDO NA CIDADE.

  2. A culpa é de seu governador. Bolsonaro, já nos mandou, leitos, aparelhos respiradores, vacinas (gripe), verbas para prefeitura e auxílio emergencial, para autônomos e bolsa família. Seu governador não mandou nada e ainda deixou a policlínica fechada. Só temos 3 aparelhos respiradores, para adultos e 1 infantil. Aquele negócio de 30 UTI’s (UPA) e 100 leitos (1º andar do Nair), foi o maior fake news da paróquia. Graves negligências, já foram praticadas e os profissionais de saúde são vítimas, destes equívocos e desta politicagem. Comunistas, estão se aproveitando da pandemia, para derrubar o nosso Presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.