Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Miguel Lopes da Silva e Maria Bezerra Lopes da Silva foram presos esta quarta-feira (19), no bairro Moxotó, pela delegada Lígia Nunes (DEAM), acusados de maus tratos e apropriação do cartão de seus genitores: João Lopes de Souza e Francisca das Chagas Souza Lopes.

14717237_1073771026074233_4686236041527342979_n-copia 14670642_1073771052740897_7588049535749156325_n

Segundo informou a delegada, os idosos estavam passando privações “De diversas natureza pela falta do benefício”, os filhos já responderam pela mesma prática no ano passado.

 

Depois de ouvir as testemunhas, a polícia levou os cartões de benefícios, as mídias com imagens da situação em que se encontram os velhinhos, e depois eles foram levados para o atendimento psicossocial aos idosos.

 

“Há informações que o dinheiro dos pais era gasto pelos filhos com futilidades como bebidas alcoólicas e salão de beleza, enquanto os idosos passavam necessidades”, relata Lígia.

 

Lígia disse ainda que, a idosa sofreu AVC e não tem condições de se cuidar sozinha. “Ela passava fome e chegava a pedir comida aos vizinhos”.

 

Penas previstas

 

Segundo a delegada, para apropriação de benefício à prisão pode chegar a 4 anos. E no caso de maus tratos vai até 12 anos se resultar em morte. O caso já tem prisão preventiva decretado a pedido da delegada.

 

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.