2 de dezembro de 2021

D. Sônia do ‘Belvedere’, a matriarca da família Oliveira!

Dona Sônia do Hotel Belvedere (Foto: Ricardo Pereira)
Dona Sônia do Hotel Belvedere (Foto: Ricardo Pereira)

A Câmara de Vereadores está encerrando o ano legislativo de 2016 enaltecendo a sociedade pauloafonsina com títulos de cidadania entregues as personalidades que prestaram relevantes serviços ao município.

 

Uma delas, de forma justa, é a senhora Maria Sonia Souza, ou simplesmente ‘Dona Sônia do Hotel Belvedere’,  viúva do saudoso empresário Dernival Oliveira Júnior e mãe do presidente da Bahia Pesca, e ex-vereador por Paulo Afonso, Dernival Oliveira Júnior. A honraria foi concedida pelo vereador  Edson Oliveira Maciel (Dinho) e aprovada por todos os demais parlamentares.

 

DONA SÔNIA, UMA MULHER QUE AMA TUDO O QUE FAZ!

 

MARIA SÔNIA DE SOUZA, empresária hoteleira e dona de casa, nascida no dia 31 de agosto de 1942 em São João do Cariri, PB, sexta filha dos quinze irmãos dos saudosos genitores, Mestre Cícero e D. Severina Modesto de Souza, chegou em 1948 ao distrito de Forquilha, prenome da cidade de Paulo Afonso, quando seu pai, então funcionário do DNOCS em Serra Talhada PE, foi convidado pelo engenheiro Sabóia, da CHESF, para construir uma igreja de pedra que viria a ser dedicada a São Francisco, que também denomina o rio da Integração Nacional. Assim surgiu em arquitetura gótica medieval a Igreja de São Francisco, belíssimo cartão postal que enche de prazer celestial os olhos de quem a contempla.

 

A homenageada estudou nas Escolas Reunidas da Companhia Hidrelétrica do São Francisco e viveu no auge dos  inesquecíveis anos dourados da década de sessenta que os aproveitou intensamente com o seu futuro esposo,  o  “pé-de-valsa”, empreendedor, desportista e hoteleiro, DERNIVAL OLIVEIRA, de saudosa memória, e desta união abençoada por Cristo nasceram seus doze filhos, vinte e um netos e uma bisneta.

 

Dona Sônia do Belvedere, como é conhecida, teve no trabalho sua maior fonte de dignidade que lhe permitiu patrocinar uma boa Educação para seus filhos e vários irmãos órfãos, e, dentre todos, sobressaíram-se vaqueiros, engenheiros, professores, advogados, administradores de empresas e formados em turismo e línguas, além de cumprir relevante função social ao produzir emprego e renda desde o Hotel São Francisco construído por seu pai, hoje Oásis Center, que, entre outras celebridades, hospedou por várias vezes o Rei do Baião Luís Gonzaga, Valdick Soriano e o seresteiro Altemar Dutra. Sócia do CREIA, (Clube Recreativo Independência), a empresária e mãe de família sempre participou das ações humanitárias do Lyons Club e de outras entidades assistencialistas da cidade da energia.

 

A visão futurista do casal Dernival e Sônia, ao enxergar o crescimento da cidade e o grande número de visitantes que se encantava  com as belezas naturais e artificiais dos complexos turístico e hidrelétrico de Paulo Afonso e Região, resolveu construir um grande hotel, apesar das dificuldades, e assim surgiu o Belvedere tendo em média 50 funcionários diretos, 103 apartamentos, piscina, bar, salão de jogos, amplo auditório, restaurante, espaçoso estacionamento e quadra poliesportiva.

 

Entre seus ilustres hóspedes, além de Gilberto Gil que encantava o casal amigo com a música “eu só quero um xodó” e se deliciava com as iguarias feitas por D. Sônia, vale lembrar o saudoso e ilibado político, Ulisses Guimarães, que esqueceu a maleta no aeroporto e ao chegar em Brasília telefonou para D. Sônia que encontrou a valise de mão no mesmo lugar, ao lado da cadeira aonde o parlamentar esteve sentado e a enviou ao “Senhor, Diretas Já!”, no mesmo dia.

 

Após a viagem eterna do seu inesquecível esposo, a matriarca da família Souza/Oliveira administrou por vários anos seu majestoso empreendimento e tempos depois delegou esta tarefa a uma de suas filhas e seu genro, que continuaram o trabalho profícuo e proveitoso promovendo empregos e renda e, sobremaneira, cumprindo suas obrigações sociais e fazendárias em dia e prestando relevantes serviços ao Turismo Regional.

 

Tudo tem seu tempo determinado. (Eclesiastes, 3). E o nobre vereador Edson Oliveira foi muito feliz e perspicaz ao conceder a comenda maior do município a uma dama que reflete trabalho, honestidade e perseverança. Isto, até porque, como cantava o poeta imortal Nelson Cavaquinho: “quem quiser fazer por mim, que o faça agora”.

 

PARABÉNS D. SÔNIA!  VIDA LONGA!

 

Porta PA4, com informações de Epidauro Pamplona e Luiz Brito.S

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 5

  1. Lembrando says:

    Ela merece!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. BURIKA says:

    PARA ESSA SIM EU TIRO O CHAPÉU, MULHER GUERREIRA COM HISTORIAS MARCADA NA VIDA DE PAULO AFONSO E EM EVIDÊNCIA ATE HOJE.

  3. antinio queroz says:

    afamilia ,queiroz, manda mil alegrias, por este grande titulo. parabens.

  4. Edgar Aprígio says:

    Dona Sônia, uma pessoa especial.

  5. Lucineide Aragão says:

    Parabéns Edson , homenagem muito merecida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!

WhatsApp

Conteúdo 100% exclusivo e em primeira mão, que você só vê no PA4!