Covid-19: “Ninguém entra e ninguém sai” de Paulo Afonso, diz secretário ao anunciar barreiras nos acessos ao município

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR | 20 de Março de 2020 às 20:09




 

 

O secretário de saúde da prefeitura de Paulo Afonso, Ghiarone Garibaldi, fez uma live nas redes sociais, na tarde desta sexta-feira (20) para melhor explicar o Decreto n. 5.766 publicado hoje com medidas para funcionamento do comércio, transporte, acesso ao município e outros estabelecimentos para os próximos 15 dias, por causa da pandemia do Covid-19), com objetivo de evitar o contágio e a disseminação do vírus.

 

O secretário falou sobre a restrição excepcional de ingresso no município de Paulo Afonso e instalação de barreiras sanitárias nas fronteiras, a entrada de turistas e pessoas de outras localidades no limite territorial de Paulo Afonso.

 

Os casos de urgência e emergência para tratamento de saúde em Paulo Afonso terão que ser autorizados pelo secretário de saúde, pela autoridade sanitária ou epidemiológica:

 

“Decidimos fechar as entradas da cidade, ninguém entra, ninguém sai. A população das cidades vizinhas da gente, se necessitar de algum atendimento de urgência em nossos hospitais terão que ter a nossa autorização para ter acesso aos hospitais.”, explicou Garibaldi.

 

“Para evitar que haja um afluxo de pessoas na nossa cidade, as barreiras que nós vamos ter nas rodovias de Paulo Afonso a partir da próxima segunda-feira (23) iremos fazer em primeiro lugar o seguinte: – impedir a entrada de qualquer pessoa que venha de outras cidades no município de Paulo Afonso, com isso esperamos que reduza e muito a entrada de algum cidadão que esteja com coronavírus.”, disse.

 

VANS / TRANSPORTE ALTERNATIVO – PROIBIDO

 

“Lembrando que as vans, o transporte alternativo não vai poder entrar em Paulo Afonso, de maneira nenhuma vai poder entrar em Paulo Afonso, conforme o decreto.”, relatou Ghiarone.

 

PAULOAFONSINOS QUE NECESSITAREM SAIR DA CIDADE

 

“Ao mesmo tempo, o pauloafonsino que queira sair da cidade, ele vai sair, não tem problema, Recife, Aracaju, Salvador, mas, infelizmente na volta vai passar por triagem e vamos verificar se existem os sinais do sintoma da referida infestação do coronavírus.”

 

 

VEJA ABAIXO AS MEDIDAS

 




 



21 pensamentos em “Covid-19: “Ninguém entra e ninguém sai” de Paulo Afonso, diz secretário ao anunciar barreiras nos acessos ao município”

  1. E a questão da prefeitura que não se manifesta em ajudar com alimentos as pessoas que vivem em extrema vulnerabilidade, o que tem a falar, pararam pra pensar que está no fim do mês nem todos tem dinheiro, benefícios sendo bloqueado?
    E os moradores de rua como ficaria a situação deles.
    Bem que poderia ter cancelado o carnaval!
    Todos sabiam dessa pandemia, mas, nada fizeram. Pararam pra pensar na istéria que vai causar nas pessoas? Existem não só idosos e sim gestantes, pessoas com inúmeras deficiências e nenhum representante dessa cidade, não tem uma alternativa fundável .

  2. Por que essa figura repugnante do genro do prefeito tem que aparecer em tudo? Ele tá querendo pegar carona no vírus pra ver se as pessoas o engole? Não adianta, ele é indigesto.

  3. EU QUERO SABER O MOTIVO PELO QUAL ESSE GENRO DE LUIZ DE DEUS ESTA EM TODO LUGAR. VAI GOSTAR DE SER PRA FRENTE ASSIM NO SEU QUINTAL. O CARA É ADMINISTRADOR DO BTN, E SÓ VIVE AQUI NO CENTRO. REALMENTE, PAULO AFONSO TEM VÁRIOS PREFEITOS: ADERVAL, CINTIA, LUIZINHO, ELUIZ DE DEUS. AH, QUIARONE TAMBÉM, COM A SUA ARROGÂNCIA.

  4. Muito bem concordo e toda população tem que apoiar pois em um raio de 250 km não existe UTI e se tivermos aparelhos respiradores nos hospitais de nossa cidade não são suficientes ( isso se existir) temos que nos antecipar pois o governo federal anda em passos de tartaruga já devia ter equipados todos os hospitais do pais com antecedencia, ficou com picuinhas politicas, não acredita que a pandemia existe pensa somente no lado economico e não na população, vamos fazer nossa parte nos isolando socialmente,cuidar da higiene. PARABÉNS TODA EQUIPE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULO AFONSO.

  5. Podiam começar a fiscalizar as farmácias. Por aqui já estão cobrando valor abusivo referente ao álcool em gel.
    Ontem um frasquinho de 70g, não maior que o dedo médio de uma pessoa adulta, estava sendo vendido por 10 e até 15 reais.

  6. Direito de ir e vir todos nós temos, ISSO EM DIAS NORMAIS, e isso é garantido. Mas em dias como esses de PANDEMIA DECLARADA que estamos vivendo, medidas PODEM e DEVEM ser tomadas, e isso também está garantido na constituição. Para quem não conhece bem a constituição digo aqui para vocês, existem EXCEÇÕES para esses tipos acontecimentos, e podem existir leis temporárias para o cidadão seguir. E quem não segue pode ser punido de alguma forma pelas autoridades. O DIREITO COLETIVO FICA ACIMA DO DIREITO INDIVIDUAL nesse momento. Assim como temos nossos Direitos, nós também temos Deveres a seguir como cidadão. E qual é nosso Dever hoje? Todos nós sabemos! Então aquetem o facho. Se alguém tiver reclamando não adianta. Vamos obedecer as recomendações, que é para o bem da população. PARABÉNS A EQUIPE DA PREFEITURA DE PAULO AFONSO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.