Por

REDAÇÃO#PA4.COM.BR COM CORREIO DA BAHIA

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

O Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Jequié (CISRJ) está com processo seletivo para preencher 46 vagas. A seleção tem validade de dois anos, contados da homologação, e pode ser prorrogado por igual período a critério do CISRJ.

Há vagas para cargos de nível médio como Assistente Administrativo (3), Técnico em Enfermagem (9) e Técnico em Radiologia (3), já para profissionais de nível superior as vagas são para Enfermeiro (2), Farmacêutico (1), Médicos nas especialidades de Anestesiologista (1), Angiologista (1), Cardiologia-Ergometria (2),Cardiologia-Ecocardiografia (2), Cardiologista (2), Cirurgião Geral (1), Dermatologista, Diagnóstico por Imagem – Ultrassonografia (1), Endocrinologia e Metabologia (1), Endoscopia Digestiva (1), Gastroenterologista (1), Ginecologia Obstetra (2), Hematologia e Hemoterapia, Mastologista (1), Neurologista (1), Oftalmologista (2), Ortopedia e Traumatologia (1), Otorrinolaringologista (2), Pneumologia, Radiologia e Diagnóstico por Imagem (1), Reumatologia, Urologista (1), Nutricionista (1), Ouvidor (1), Psicólogo (1) e Técnico de nível superior-Assessor Técnico (1).

As jornadas de trabalho podem ser de 20h a 40h semanais, com remunerações que variam entre R$ 1.188,13 a R$ 4.388,32. Os interessados podem realizar as inscrições até o dia 3 de fevereiro de 2017 pelo site e efetuar o pagamento da taxa de participação nos valores de R$ 45 a R$ 60. A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 19 de fevereiro de 2017 e Avaliação de Títulos.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Uma resposta

  1. Gente!! eu descobri de como eles usam outra forma sacana pra continuar com os seus cumplices benefiando se das repartições públicas e bloquiando oportunidades de direito do povo. existem instituições na educação(faculdades e institutos) que entram com licitações pra aplicar provas em concursos, e realizar seleções simplificadas. Deixando as pessoas que concorrem, sem direito a reposta pública de mostrar baseando de que é pulado o edital. e quem examina já tem as pessoas certas pra os cargos. Diante disso usam formas pra mostrar pro povo que estão sendo feito as coisas corretas. deveria os órgãos federais tomarem as providências, porque se não, o pais só será governado pra apenas uns que se privilegiam as custas públicas.
    deixo claro que ,de outros lugares cabe as pessoas de lá fazerem isso, mais aqui há tempos vinha observando que havia algo estranho.sem falar nos rodízios de famílias todas ocupam cargos e se brincar, até pato e ratos .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.