19 de junho de 2021

Com mais 63 infectados em 24h, Paulo Afonso atinge pico da pandemia ao passar dos 520 casos ativos de Covid-19

Por

Redação (pa4.com.br)

Mais dez leitos para tratamento covid serão entregues nos próximos dias, com previsão de implantação de mais 23. Foto: Ascom/PMPA



 

O Boletim Informativo desta quarta-feira (19) registrou mais 63 casos positivos em Paulo Afonso, Bahia. Com isso o número de ativos, 527, é um dos mais altos desde o início da pandemia. Os leitos destinados para pacientes com o vírus continuam lotados: ocupação de 100% da UTI HMPA, da UTI do Hospital de Urgência Covid e do HNAS Covid.

O boletim de hoje também registrou mais 06 vidas recuperadas. Com estes números, o município acumula agora, desde o início da pandemia, 5.583 casos confirmados de covid-19, 4.919 recuperados e 137 óbitos pela doença.
Por causa do aumento dos casos da Covid-19, no último domingo (16), o secretário de saúde de Paulo Afonso, Adonei Júnior, relatou dificuldade do município em tratar pacientes com a doença, além da lotação dos leitos. Em áudio que circulou em redes sociais, ele falou sobre a situação atual do município.

Mortes e casos de Covid-19 em Paulo Afonso

“No momento, estamos passando por um caos em Paulo Afonso. Eu não tenho onde colocar paciente, estou correndo para abrir leitos hoje e amanhã. Preciso de apoio de todo mundo. Quem tiver insumos, medicações, que possa nos ajudar, nos ajude e envie”, disse o secretário.

Por meio de nota, a assessoria de comunicação do município confirmou a veracidade do áudio e disse que o material foi enviado em um grupo em rede social, em que estão secretários de Saúde de outras cidades da Bahia.

Ainda de acordo com o secretário, o município está com os leitos destinados a pacientes com Covid-19 lotados.

“É muito preocupante, visto que nossas unidades estão lotadas. Nós temos 14 leitos de UTI lotados, nós temos 10 leitos semi-intensivo lotados. Peço a população que se cuide e cuide do próximo”, relata.

Segundo a prefeitura, serão abertos10 leitos de UTI no Hospital Municipal de Paulo Afonso Aroldo Ferreira (HMPA), com previsão de entrega para o dia 25 de maio. Outros 23 leitos para pacientes com Covi-19 estão previstos para serem abertos no local, após uma reforma da unidade. Esses leitos ainda não têm data para entrega.




 







VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Comentários 3

  1. RRo says:

    A prefeitura não faz nada para conter o vírus. O comércio dita as regras e o result está aí.

  2. ICABODE CRAIG says:

    Isso é resultado das decisões politiqueiras do prefeito atendendo comerciantes e outros coligados, enchendo lojas, supermercados, feiras, academias e outros lugares desnecessários. Como não tem pulso pra se impor e negar as pressões dos comerciantes deixa que abram e façam aglomerações em suas lojas, supermercados, academias e outros. Juntou a inconsciência do povo com a falta de falta de pulso do prefeito e a cidade é a sexta mais contaminada dentre 417 municípios. Essa cidade só é campeã em coisa ruim. Falta de responsabilidade do gestor, que me desculpe os puxa-sacos.

  3. IVONI says:

    PORQUE NAO FAZ LOCK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.