Por

[email protected] (www.pa4.com.br) com informações da Assessoria de Comunicação da Chesf

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

15749868_1085276871582757_1680065167_n

 

NOTA DA CHESF

 

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informa que, ontem (26/12), por volta das 17h30, foi comunicada sobre incêndio em vegetação próxima à Subestação Modelo Reduzido, em Paulo Afonso (BA), e tomou as providências cabíveis, ao acionar o Corpo de Bombeiros.

 

As condições do vento e a vegetação seca do local fizeram o fogo se alastrar até o muro externo da subestação, queimando vegetação rasteira embaixo das linhas de transmissão e distribuição, respectivamente de propriedade da Chesf e da Coelba.

 

Para garantir a segurança e o livre acesso à brigada do corpo de bombeiros de Paulo Afonso e, também, para evitar curtos-circuitos nas linhas próximas, às 19h27 foram desligadas as cargas da Subestação Modelo Reduzido.

 

Tão logo o fogo foi controlado pela brigada nessa área de difícil acesso, a Chesf procedeu o religamento, sendo as últimas cargas energizadas às 21h39. A Chesf destaca que o incêndio não iniciou nem atingiu a subestação, que permanece funcionando sem nenhum dano.

 

A Companhia agradece o empenho dos bombeiros que se mobilizaram, até a madrugada, na árdua missão de mitigar o incêndio e, assim, garantir a segurança de todas as pessoas e serviços.

 

Veja fotos e vídeos do incêndio AQUI.

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

3 respostas

  1. A CHESF deveria cobrar da prefeitura para limpar toda vegetação nas proximidade desta subestação e de sua área da escolinha. A prefeitura inicia a limpeza e sempre interrompe, e daí da nisso. Imagine se fosse num dia de aula normal na UNIVASF, cheio de veículos na escolinha, seria pânico total. E pior se o incêndio tivesse atingido a subestação, ficaríamos sem energia por muito tempo, até que a CHESF substituisse os equipamentos danificados pelo incêndio. Tivemos foi sorte.

  2. É fácil a CHESF indicar o que ocorreu, quero ver ela cobrar da prefeitura. Cadê os royaltes que repassam? poderiam ser utilizado para limpeza também dos lagos.

  3. Tem que aparecer chorão mandando cobrar da prefeitura. Essa história está mal contada, esse desligamento foi intencional igual aos apagões que já aconteceram, né? Se fosse fogo num canavial até aceitaria, mas nesse caso a desculpa não cola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.