Bolsonaro sugere fraude no número de mortes por coronavírus: ‘não tô acreditando’

Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR COM DIÁRIO DE PERNAMBUCO | 27 de Março de 2020 às 18:23




 

 

Em entrevista por telefone ao jornalista José Luiz Datena, do programa Brasil Urgente da Band, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) questionou a legitimidade dos números das mortes provocadas pelo novo coronavírus no Brasil. O balanço é atualizado todos os dias pelo Ministério da Saúde, que contabiliza os dados divulgados pelas secretarias estaduais de saúde de todas as unidades federativas do país. Para Bolsonaro, os estados podem estar fraudando a causa dos óbitos para fazer “uso político” da crise causada pela pandemia.

 

“Não tô acreditando nesses números de São Paulo”, declarou o presidente da República. O estado, governado pelo seu desafeto político, João Dória (PSDB), registra os maiores números de casos e mortes no país. Ao todo, são 68 óbitos e 1.223 casos confirmados da doença na região, de acordo com os dados fornecidos pela Secretaria Estadual de Saúde.

 

O governador João Dória vem criticando a postura de Bolsonaro, que defende a quarentena apenas para as pessoas que pertencem aos grupos de risco da Covid-19. Entre eles, idosos, hipertensos, diabéticos, cardíacos e portadores de doenças respiratórias. Para Dória, diferentemente do que propõe o presidente da República, escolas, universidades e comércios devem permanecer fechados, como medidas de isolamento social para a contenção do coronavírus.

 

Nesta quarta-feira (25), o governo federal lançou, em suas redes sociais, uma preliminar da campanha O Brasil não pode parar. O projeto vem sendo preparado como incentivo para os estados e cidades retomarem as suas atividades sociais e econômicas. Uma publicação com a hasgtag #OBrasilNãoPodeParar diz que são raros os casos de vítimas fatais do coronavírus entre jovens e adultos e que, por isso, somente idosos e integrantes de grupos de risco devem ficar em casa, reforçando o posicionamento do presidente.




 



31 pensamentos em “Bolsonaro sugere fraude no número de mortes por coronavírus: ‘não tô acreditando’”

    1. O governador de São Paulo decretou que os médicos do Samu atestem morte por covid 19 em todos os atestados de óbito! Por isso a desconfiança do presidente nos números!

  1. faz arminha presidente psicopata………..kkkkkkkkkkkkkkkkkkk cade seus eleitores de Paulo Afonso vao fazer carreata quando kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. É o Governo Federal, que vem tomando as devidas providências. Para os estados, também já chegaram mais de 10 milhões de kits de testes rápidos do corona vírus. O LACEN estava demorando muito, em dar os resultados. Também, já foram disponibilizados mais de R$ 80 bilhões para os estados. O povo está vendo a politicagem que a globo e políticos inescrupulosos, vem fazendo para derrubar Bolsonaro. Agora, não é hora de panelaço. Nosso Ministro da Saúde está tomando todas as providências, inclusive, montando hospitais, com aparelhos respiradouros, como foi o caso do Estádio do Pacaembu, em São Paulo (1,80 mil leitos de UTI). Tem que deixar a politicagem d lado…e todos se ajudarem🙏

  3. O NOSSO PRESIDENTE TEM MUITA SORTE. TEM O EXÉRCITO AO SEU FAVOR. SE DEREM IMPEACHMENT O EXÉRCITO DETONA O PAÍS. SÓ NOS RESTA REZAR E PEDI A DEUS PROTEÇÃO.

    1. Deus não protege o mal, quanto ao exército, nem eles querem conversa com o genocida, estão indo na contramão do que ele defende. Acorda criatura, deixa de ser alienada e manipulada.

  4. A conta da construção dos estadios da copa e as olimpíadas esta chegando agora .pois os governos da epoca entre eles o do PT disseram que iria deixar um legado e deixou alem dos 7×1 ,vidas que hoje estão morrendo . Com aqueles bilhões poderiam ter feito muitos hospitais ,que daria muitos empregos permanentes e vidas sendo salvas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Telefone: 75 3281.9421
  • E-Mail: comercial@pa4.com.br
© 2015-2016. Todos os direitos reservados.