Por

Por Ítallo Timóteo | radar89.com.br

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
15776251_1316587951726600_877615749_o-464x270
Após os roubos, um forte aparato policial foi designado para a cidade e culminou na prisão de três suspeitos.

Pelo menos dois homens e duas mulheres vestidos de palhaços causaram medo na tarde desta quarta-feira, 28, por volta das 12h, no município de Canapi no Sertão de Alagoas. Os ‘palhaços bandidos’ assaltaram uma Farmácia e um Mercadinho e levaram uma quantia de aproximadamente R$ 30 mil. Após o crime, um forte aparato policial foi designado para a cidade e três pessoas foram presas e duas armas apreendidas.

 

Os roubos:

 

Segundo a polícia, os criminosos estariam em um veículo (Chevrolet Onix) de cor branca e placa não anotada, quando chegaram nos estabelecimentos, apontaram as armas para os funcionários e clientes e anunciaram o assalto. Após os dois roubos eles fugiram por um trecho da BR-316 que dar acesso ao Estado de Pernambuco.

 

Equipes da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (COPES-CAATINGA); Pelotão de Operações Especiais (PELOPES) e militares do destacamento da cidade, além de Policiais Civis.

 

Prisões:

 

Após um intenso trabalho dos policiais, três pessoas foram presas, elas foram identificadas como: José Cícero da Silva de Queiroz, José Aparecido Bezerra da Silva e José Admilson dos Santos.

 

Segundo o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti que participou das prisões, o trio é suspeito de homicídio e estão ligados aos ladrões que roubaram vestidos de palhaço. “Um deles é suspeito de comandar essa quadrilha que agiu aqui em Canapi, estamos investigando e breve diremos quem é o responsável.” Frisou Cavalcanti.

 

Os presos estão sendo conduzidos para a Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Delmiro Gouveia.

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.