Por

Assessoria de Comunicação

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print




 

O vereador Marconi Daniel (PODEMOS) participou na manhã desta quinta-feira, 29, de forma remota pela Câmara de Vereadores de Paulo Afonso de Audiência Pública que defini a transição do Hospital Nair Alves de Souza (HNAS) para o município. Mais uma vez, o parlamentar pediu a judicialização do termo de compromisso de 2018 e defendeu a implantação de uma gestão tripartite, onde o hospital passaria a ser gerido pelo Município, Estado e União.

“Essa luta é minha. Não medirei esforços para que o termo de compromisso que foi assinado com a Ebserh, a Univasf, município e Estado, ele seja executado. Tenho certeza que isso é o melhor para Paulo Afonso. A nossa prioridade será transformar o Nair Alves de Souza em um hospital universitário junto com a Ebserh. O Nair é patrimônio da Universidade do Vale do São Francisco e tem muito a agregar aos nossos estudantes de medicina.”, afirmou.

Ainda segundo o vereador: “O Nair tem que ser um hospital federal para estar atendendo essa demanda regional que é grande, e somente o Governo Federal, com o apoio do Estado, poderá resolver o caos em que se encontra a Saúde Pública de Paulo Afonso. O município entraria com uma parcela mínima, uma vez que a Prefeitura vem enfrentando muita dificuldade ao tentar administrar o Nair. Precisamos de medidas concretas para já, pois ela servirão para o futuro, os nossos filhos”.

Durante a Audiência Pública, o parlamentar propôs, em caráter de urgência, a criação de uma comissão especial para acompanhar a transição do Nair. “Diante da situação em que estamos vivenciando é de grande importância a criação de uma comissão especial para que possamos acompanhar toda a transição do Nair. O Poder Legislativo, com seus 15 representantes tem o dever de avaliar o andamento do processo e cobrar junto ao Ministério da Saúde, Secretaria de Estado da Saúde, Secretária Municipal de Saúde, Ministério da Educação, Ebserh, a Univasf, uma maior celeridade para resolvermos de uma vez por todas esta questão”, disse.




 

Marconi finalizou dizendo que “precisamos salvar o Nair”. Segundo ele: “Essa é uma luta de todos nós e essa audiência tem a finalidade entendermos como funciona todo o gerenciamento do Hospital para que possamos discutir o futuro do Nair. O povo pauloafonsino está sofrendo com todo esse impasse. Precisamos garantir uma qualidade na saúde pública. Temos que valorizar o Serviço Único de Saúde (SUS)”, destacou Marconi.



Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.