Por

REDAÇÃO#PA4.COM.BR

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Ronieli da Silva Monteiro (Choquito), 23 anos (Foto: PC-BA)

O movimentado grupo social de troca e venda de produtos no facebook ‘Mercado Livre Paulo Afonso’ publicou neste sábado, dia 28, em sua linha do tempo uma série de regras básicas de conduta e sanções para os seus seguidores participantes do grupo.

 

A publicação ocorreu um dia após a prisão do jovem Ronieli da Silva Monteiro, de 23 anos -vulgo ‘Choquito’ – preso no BTN 1 na noite desta sexta-feira (27), acusado de aplicar golpe em membros do grupo ‘Paulo Afonso Mercado Livre’.

 

Segundo informações da polícia civil, o autor anunciava venda de produtos na página para venda e troca. Quando as vítimas realizavam as transações percebiam que os produtos anunciados por ‘Choquito’ eram falsificados e de origem duvidosa.

 

Na delegacia local, existem pelo menos três registros de vítimas do acusado. Uma delas é a senhora Vanessa Odete de Sá. Em seu depoimento, a vítima disse que anunciou uma TV Samsung , de 32 polegadas no grupo e fechou transação com outro participante identificado incialmente pelo nome de Adrieli Lima.

 

Vanessa contou que o ‘comprador’ se interessou  e em troca daria u, um relógio da marca Lacoste que custaria R$ 600,00 e R$ 100,00 pela TV.  A vítima aceitou e foi fechar o negócio, porém quando pegou o relógio, percebeu que havia sido enganada, não era original e o valor não passava de R$ 50,00. A mulher então resolveu denunciar o golpe e fazer um BO (Boletime de Ocorrência) na delegacia de polícia.

 

Com um print da foto usada no perfil do acusado policiais civis foram até o endereço do suspeito, situado na rua 21 de Abril, BTN 1 e lá descobriram que Adrieli era na verdade  o Ronieli. O jovem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia onde poderá responder pelo crime de estelionato.

 

Com repercussão da prisão do jovem e para tentar impedir esse tipo de golpe, uma dos mais movimentados grupos sociais de venda e troca de produtos da cidade no Facebook, o ‘Mercado Livre Paulo Afonso’ que possui mais de 40 mil membros, publicou hoje uma série de regras básicas de conduta e sanções para os todos os participantes do grupo.

 

 

DA REDAÇÃO

 

Logo após a publicação da matéria, o administrador do Grupo Mercado Livre Paulo Afonso, Marcelo BLH, enviou um comentário com o seguinte esclarecimento:
Sou Administrador do grupo Mercado livre PAULO Afonso e desde a criação do grupo as regras de conduta sempre estiveram lá. Nunca foram adicionadas depois da prisão do golpista. Todas as pessoas que anunciam no grupo são obrigadas a seguirem as regras ou podem ser suspensas ou banidas da comunidade. Sendo assim, a notícia vinculada ao site não é verídica muito menos condizente com as regras por mim determinadas na comunidade de vendas. Sugiro uma ratificação pois somos um grupo de pessoas seletas e idôneas, a qualquer tipo de denúncia o indivíduo concorrente a transgressão é banido imediatamente. Sem mais.

 

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

5 respostas

  1. Olá
    Sou Adm do grupo Mercado livre PAULO Afonso e desde a criação do grupo as regras de conduta sempre estiveram lá. Nunca foram adicionadas depois da prisão do golpista. Todas as pessoas que anunciam no grupo são obrigadas a seguirem as regras ou podem ser suspensas ou banidas da comunidade. Sendo assim, a notícia vinculada ao site não é verídica muito menos condizente com as regras por mim determinadas na comunidade de vendas. Sugiro uma ratificação pois somos um grupo de pessoas seletas e idôneas, a qualquer tipo de denúncia o indivíduo concorrente a transgressão é banido imediatamente.
    Sem mais

  2. Se realmente fosse um grupo serio n teria pessoas colocando anúncios falsos e fictícios, se é para mostrar que são sérios então comecem a tirar os palhaços q lá estão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.